José de Abreu em entrevista ao “Oficio em Cena”, na GloboNews(Foto: Globo/Sergio Zalis)Entrevistado de Bianca Ramoneda no ‘Ofício em Cena’ desta terça-feira, dia 7, José de Abreu entra em cena de peito aberto para falar sobre sua forma de trabalhar, seus processos, seu aprendizado e, principalmente, sua disposição para sair da chamada zona de conforto.
A conversa começa de forma inusitada e imprevista. No momento em que se prepara para dar vida a um novo personagem no cinema, o juiz Polidoro, ele se propõe a fazer um exercício com a plateia: responder às perguntas do público sobre Polidoro, de maneira que isso o ajude a criar o universo do personagem.

Além do nome e da profissão, ele disse à plateia apenas que o personagem tem 80 anos, está aposentado há 10, é viúvo e tem dois filhos. E que vive um momento difícil da vida porque está percebendo que alguma coisa está errada em sua cabeça.

E, a partir daí, respondeu como Polidoro, e não como José de Abreu, às várias perguntas feitas pela plateia.
José de Abreu como Nilo em “Avenida Brasil” (2012)(Foto: Globo/Divulgação)O ator fala também sobre a importância do figurino para a composição de seus personagens e cita como exemplo o Nilo, o bêbado, morador do lixão e explorador de crianças, que fez bastante sucesso na novela ‘Avenida Brasil’.

Quem diria que o jeito de andar do personagem nasceu por conta do uso de um par de botas maior do que os pés? E que a famosa risadinha que contagiou o país surgiu do desejo do ator de mostrar o minucioso trabalho da caracterização, que pintava diariamente os dentes do personagem Nilo, simulando sujeira. “A Globo tinha importado dois produtos para sujar o dente do Nilo: um deixava o dente todo amarelo e outro pintava cáries, tártaro, tudo.

A maquiadora fazia isso todo dia, mas com o baita bigodão que eu usava, isso não aparecia. Até que um dia ela me falou: “Poxa vida, um trabalho tão bonito e ninguém vê, né? (risos)” Fui para casa e fiquei no espelho vendo o que eu podia fazer.

Até que cheguei nessa risadinha”, revela o ator. “A intenção de mostrar o trabalho da maquiadora acabou virando a marca mais importante do Nilo”, conclui.

A entrevista de José de Abreu ao ‘Ofício em Cena’ vai ao ar nesta terça-feira, dia 7, às 23h30, na GloboNews.

.

Fonte: TV Foco