Ele já usou salto alto, pintou a axila de rosa, rebolou e até fez striptease. Há quatro anos no “Amor e Sexo”, José Loreto tenta mostrar que, aos poucos, se liberta da figura de homem machista e leva os aprendizados do programa para a vida.   
“Tem vários assuntos que aprendi no ‘Amor e Sexo’.

Nesta temporada teve o ‘Bishow’ [quadro com drag queens]. Eu não tinha um amigo, uma pessoa, que se vestisse de mulher, não conhecia essa cultura e outras coisas sexuais.

Quando acaba o programa, eu sempre fico refletindo sobre as coisas que a gente falou, o que eu ouvi, é engrandecedor”, contou Loreto em entrevista ao site Uol.
Ele também falou do sucesso do “Amor & Sexo”, que sempre é cancelado e depois retomado pela Globo: “Não deixam a gente sair do ‘Amor e Sexo’.

Eu estou lá, sou do elenco, continuo lá firme e forte, adoro o programa e vamos quebrar mais tabus aí. Acho que o programa ainda tem fôlego.

A gente está despertando tanto interesse nas pessoas, então a gente pode esmiuçar isso, tem muita coisa para falar ainda, é um assunto inesgotável, então ‘vambora’”.
O ator também falou sobre o ciúmes que sente da esposa  Débora Nascimento.

 “Às vezes eu quero que ela passe mais despercebida pelos outros. A minha mulher já chama muito a atenção, então se ela bota um decotão, eu fico com ciúme e aí dá uma raivinha”, confessou.

.

Fonte: TV Foco