Trocadilho comum com o programa de empreendedorismo da TV Globo “Pequenas empresas e Grandes Negócios” (Foto: Reprodução)A situação sem regulamentação entre igrejas evangélicas e emissoras de TV formam um mercado específico que movimenta milhões no Brasil.
Hoje, já existem até agentes e agências especializados em negociar horários para as igrejas, das diversas bandeiras, em emissoras de rádio e televisão. Informações do jornalista Flávio Ricco.

Como exemplo isolado, temos o Missionário R.R.

Soares, que gasta em torno de R$ 120 milhões/ano só com a subconcessão de horários. Além disso, a sua rede de televisão, a RIT TV, tem um faturamento anual de R$ 3 milhões contra um gasto mensal de R$ 5 milhões.

(Foto: Reprodução)No Brasil, fora os canais públicos, só a Globo e o SBT devem ser louvadas por não se meter no meio disso. A TV Globo ainda exibe a “Santa Missa em Seu Lar”, mas sem cobrar por isso, já que é um programa tradicional da grade da emissora, devido a religião católica de Roberto Marinho.

Entre os maiores, Edir Macedo, Valdemiro Santiago, R.R.

Soares e o “emergente” Agenor Duque, existe a ideia de que quanto mais espaço na TV e rádio, maior o dinheiro arrecadado.

.

Fonte: TV Foco