Na noite desta última terça-feira, 12 de julho, a ex-cantora Li Martins relembrou os tempos em que era integrante do grupo Rouge, durante o programa “Luciana By Night”. Ela contou como era a convivência entre elas e descarta um possível retorno aos palcos
“A convivência entre mulheres é muito difícil, independente de qualquer coisa. Passávamos quase 24 horas do dia juntas, trabalhando todos os dias.

A gente era muito tolerante, até porque era nossa primeira oportunidade num trabalho que sonhamos e lutamos muito para conseguir. Foi algo abençoado, porque temos uma amizade até hoje.

 Eu brigo muito mais com meus amigos e familiares do que brigava com elas”, analisa.
“A convivência entre mulheres é muito difícil, independente de qualquer coisa.

Passávamos quase 24 horas do dia juntas, trabalhando todos os dias. A gente era muito tolerante, até porque era nossa primeira oportunidade num trabalho que sonhamos e lutamos muito para conseguir.

 Foi algo abençoado, porque temos uma amizade até hoje. Eu brigo muito mais com meus amigos e familiares do que brigava com elas”, analisa.

O grupo chegou ao fim em 2005, um ano depois de Luciana anunciar sua saída. Li desmente possíveis brigas.

“(Isso) É mentira. Ela não se identificava mais com o grupo.

Na verdade, desde o ‘Popstars’ (programa do SBT que as uniu, em 2002) ela teve altos e baixos. Por ser um grupo pop e não se identificar com o estilo musical, ela tentou se adaptar, até que chegou o momento em que disse que aquela não era sua verdade e que não estava feliz.

Foi honesta”.

.

Fonte: TV Foco