André (Caio Blat) e Tolentino (Ricardo Pereira) em cena de “Liberdade, Liberdade”(Foto: Globo/João Cotta)Passado o furor causado pela cena de sexo gay em “Liberdade, Liberdade”, começa uma nova e sofrida fase para André (Caio Blat) e Tolentino (Ricardo Pereira).
O romance proibido será descoberto por Gironda (Hannah Romanazzi). A prostituta esperava se casar com o Coronel, por isso, resolve fazer a denúncia contra André, que acaba sendo preso por sodomia.

O coronel fica em choque ao ver o amante preso, mas disfarça. Apesar de toda pressão dos Dragões de Minas para que entregue o nome do homem com quem cometeu o crime, o filho de Raposo (Dalton Vigh) não fala.

Prefere ser posto a ferros do que prejudicar Tolentino, que passa a cuidar do caso. André, então, é condenado à morte.

.

Fonte: TV Foco