Se este fosse o mês de aniversário de Xavier, certamente o inferno astral explicaria a maré de azar que o personagem de Bruno Ferrari vai enfrentar em ‘Liberdade, Liberdade’. Ele, que já desvirginou Branca (Nathalia Dill), no capítulo de sexta-feira vai transar pela primeira vez com Joaquina (Andreia Horta). Determinado a romper com a noiva e a assumir o amor pela filha de Tiradentes, o inconfidente desmorona ao descobrir que Branca está grávida.

Em casa,  a jovem está possessa com o sumiço de Xavier (Bruno Ferrari). “Se ele me abandonar eu me mato… Faço jejum de novo até definhar e virar uma caveira! Corto o meu pescoço aí na janela, vou banhar a cidade de sangue! Aí, sim, esse povo vai ter o que falar! Ai… não estou me sentindo bem… Nossa… parece que eu…”.

Neste momento, Branca desfalece e é amparada pela mãe, que fica aflita.
+“Liberdade, Liberdade” terá reviravolta em quarteto amoroso; saiba tudo
Por conta disso, Xavier diz a Rosa que não pode deixar Branca na mão e aceita casar com ela.

“E eu acho… mesmo dilacerada por dentro… que você deve ficar com a Branca. Tem de reconhecer o seu filho, arcar com a sua responsabilidade”, diz Rosa, aos prantos.

Xavier fica arrasado: “Foi isso o que a vida me reservou? Me unir a uma mulher pelo resto da vida…. e amar outra… pelo resto da vida?”.

“Eu também vou amar um homem que não terei pelo resto da vida. Não estava escrito que nós ficaríamos juntos.

Nunca”, responde ela, triste.

.

Fonte: TV Foco