Dalton Vigh vai se despedir de “Liberdade, liberdade” a partir do dia 1 de julho. Rubião (Mateus Solano) vai assassinar Raposo (Dalton) quando o pai de Rosa (Andreia Horta) entrar na casa dele e descobrir que o Intendente roubou o seu ouro. Pego com a boca na botija, ele é assassinado com um tiro nas costas.

Raposo aproveita que Rubião vai a sua casa para um jantar e resolver entrar na casa dele procurar o seu ouro. Ele só não contava que o Intendente fosse voltar para pegar uma joia que esqueceu.

As últimas palavras que o pai de criação de Joaquina ouvirá serão: “Só para você saber antes de partir. Vou matá-lo e me casar com sua filha.

Toda a sua fortuna, assim como sua filha Rosa, será minha”. Revoltado e debilitado, Raposo tenta enfrentar Rubião: “Bandido miserável, covarde…”.

Ele saca o punhal, tenta investir sobre Rubião, mas, sem forças, vacila, não consegue levantar-se completamente.
Rubião o empurra facilmente para o chão com o pé.

Mira a cabeça de Raposo com a pequena pistola, que começa a xingar o Intendente: “Patife, canalha…”, xinga Raposo. Rubião atira.

Não se vê o disparo fatal, só se ouve o estampido.
Depois de cobrir o corpo do homem e limpar todo o sangue que estava no local, Rubião se encontra com Joaquina como se nada tivesse acontecido.

Sem saber do crime, ela o recebe com um banquete em agradecimento ao cavalo que ganhou.

.

Fonte: TV Foco