Tolentino (Ricardo Pereira) e Rubião (Mateus Solano) em cena de “Liberdade, Liberdade”(Foto: Reprodução/Globo)Rubião (Mateus Solano) vai mandar Tolentino (Ricardo Pereira) matar sua própria mãe, Virgínia (Lilia Cabral) em “Liberdade, Liberdade”. Nos próximos capítulos da novela das onze, ele ordenará às vésperas de seu casamento com Joaquina/Rosa (Andreia Horta), de quem a dona do bordel é muito amiga.
Segundo informações do jornal O Globo, Rubião vai chamar Tolentino em seu quarto e lhe dar uma missão, “a mais importante de sua vida”.

Em cenas seguintes, o capitão aparecerá no bordel e surpreenderá Virgínia. Ela estará provando roupas para ir à festa do casamento do filho, toda orgulhosa do convite.

“Pode parar de se preparar, você não irá a lugar nenhum”, falará Tolentino, que irá amarrar Virgínia e levá-la para uma clareira, no meio da mata.
Ao chegar no local, o capacho do intendente vai jogar a dona do bordel no chão.

Sem que ele perceba, ela conseguirá se desamarrar, e questionará: “Você terá coragem de matar uma mulher? Que espécie de homem é você?”. Tolentino responderá que é apenas um soldado cumpridor de ordens e, que esta não será a primeira vez que fará isso, levando Virgínia a concluir que foi ele quem matou Gironda (Hannah Romanazzi).

Na sequência, a dona do bordel reagirá e pulará no pescoço do capitão. Ele, no entanto, conseguirá rendê-la novamente e pedirá para que ela se ajoelhe, que não dificulte ainda mais a missão.

 Chorando, Virgínia dirá: “Meu filho vai me vingar, vai matar você”. “Filho? Você tem um filho?”, perguntará Tolentino, que ficará surpreso.

“Não qualquer filho, mas o Intendente de Vila Rica. Rubião há de descobrir que você me matou”, dirá a dona do bordel.

Horrorizado com a crueldade do Intendente, Tolentino ficará desnorteado com a revelação e abaixará a arma. “Isso é demais até para mim.

O filho mandar matar a própria mãe… não é possível! Quem o fizer ou ajudar a fazer está condenado pela eternidade”, dirá ele.
É aí que Virgínia ficará sabendo que foi Rubião que encomendou o seu assassinato.

Completamente desiludida, ela pedirá que o capitão termine logo com isso e acabe com sua vida. Diante da negação de Tolentino, ela vai roubar a arma de suas mãos.

“Pois eu me mato eu mesma, para que viver assim?”, dirá a dona do bordel.
Em seguida, os dois terão mais uma luta e a arma acabará disparando, ferindo Virgínia.

Ela desmaiará e, sem saber o que fazer, Tolentino colocará seu corpo sobre um cavalo e vai dar uma chicotada no animal, para que ele saia em disparada.

.

Fonte: TV Foco