O cantor Lucas Lucco, ao que parece, ainda enfrenta o lado obscuro da fama. Mesmo com o sucesso na música sertaneja e também como ator em “Malhação”, o rapaz confessou na web que ainda não conseguiu se curar da depressão e da síndrome do pânico.
“Eu tomei remédios bastante tempo e até hoje tomo alguns, mas estou parando aos poucos.

Foi um momento muito difícil para mim, meus pais e minha família. Sempre trabalhei muito, tinha mais de 25 shows por mês, comecei a gravar ‘Malhação’, que é uma coisa que eu amo fazer, assim como cantar”, disse ele.

“Eu carrego o mundo inteiro nas costas, sozinho. Isso começou a ficar mais complicado e aconteceram coisas que me deixaram triste do nada.

Eu não conseguia sair de casa, faltei gravação e não fui a um show”, completou o famoso.
Lucas também explicou sobre as dificuldades de trabalhar mesmo estando doente.

“Eu fiz alguns shows com muita dificuldade mas, no palco, eu era o mesmo. Não podia transparecer isso.

As pessoas que vão no show querem ter alegria. O meu trabalho é como qualquer outro.

Hoje, eu posso ver de fora e falar sobre a depressão e a síndrome do pânico. É uma das piores doenças que existem, uma ferida que você não consegue ver, e nem as outras pessoas.

Ela está dentro de você. Pode parecer frescura, mas é uma dor muito grande, além do medo de morrer”, desabafou.

.

Fonte: TV Foco