Em entrevista à revista Tititi, Maitê Proença comentou sobre as cenas quentes na novela “Liberdade, Liberdade”, na qual interpreta a personagem Dionísia.
“Não acho que foram fortes. Afinal, o Mário Teixeira (autor da novela) não é um profissional que descreve muito as cenas, até para deixar o diretor e os atores com liberdade para fazê-las como convier.

A gente vai resolver ali, na hora”, afirmou a artista.
“Nos últimos tempos, ocorreram abusos e o público se sentiu usado.

Ninguém é bobinho…O público sabe: não é um peitinho aqui e outro ali que garante audiência. Houve uma vulgarização no uso da nudez.

Claro, é bom fazer quando é necessário, se vai contribuir para a cena, para contar uma história. Mas, às vezes, é só um mecanismo para caçar público”, falou Maitê, para a publicação.

.

Fonte: TV Foco