A atriz Maitê Proença ficou chateada com o fato da dublê ter revelado que não foi a veterana na cena de nudez em “Liberdade, Liberdade!”, da Globo, como já informado.
Por conta disso, a famosa resolveu falar sobre o caso, nesta quinta-feira (05). “Não se revelam segredos de bastidor.

Seria um spoiler, e nada profissional. Um bom dublê sabe disso e se mantém reservado e discreto.

Eu tinha 18 cenas para gravar naquele dia e a maquiagem das cicatrizes nas pernas – motivo da cena – demorava de duas a três horas”, explicou.
De acordo com informações da colunista Fabíola Reipert, a global pediu a cabeça de Juliana Tavares Scalco, a profissional que gravou a cena.

Disse para a direção da novela que Ju não tem ética e que não deveria sair falando no Facebook que é sua dublê. E exigiu que não chamem mais a moça para nenhum trabalho.

.

Fonte: TV Foco