Manuela Scarpa/PhotoRioNews Marcelo Rezende se defende após ser acusado de “tentar humilhar” repórter Marcelo Rezende usou o espaço na televisão para se defender após ser acusado por internautas de “tentar humilhar” uma repórter durante a edição desta quarta-feira (11) do “Cidade Alerta”, na Record. O imbróglio começou depois que o apresentador deu uma bronca na profissional, Lizandra, no ar, por ter utilizado um termo jurídico de forma incorreta. Ela não sabia definir “o que era morte seguida de roubo, só sabia que roubo seguido de morte era latrocínio”.

Nas redes sociais, a forma como corrigiu a repórter não foi visto muito bem e Rezende recebeu uma enxurrada de críticas. “Foi horrível a maneira como você corrigiu a jornalista, eu fiquei sem graça por ela”, esbravejou uma internauta, no perfil de Rezende, no Instagram.

“Isso foi muita falta de respeito,, ate deixou a repórter sem graça, em rede nacional, e ao vivo”, avaliou outro. “Concordo, pegou pesado com a moça”, concordou mais um internauta.

Após observar a repercussão negativa, Rezende se defendeu e disse que não faz parte do seu caráter o de tentar humilhar alguém. “Eu vi que algumas pessoas entraram no meu Instagram e me disseram ‘você está humilhando a moça’, ‘você está a maltratando’.

Eu quero dizer o seguinte, estou tentando ensiná-la, até para que uma coisa errada não vá ao ar. Eu faço disso daqui uma conversa, uma família, e é natural uma pessoa com mais experiência.

É como se eu estivesse falando com a minha irmã mais nova”, avaliou. “Não existe a menor possibilidade de eu fazer isso [o de tentar humilhar] com alguém.

Não faz parte do meu caráter”, completou. Nascido no Rio de Janeiro, Marcelo Rezende trabalhou na TV Globo durante anos, como repórter e também apresentador do “Linha Direta”.

Saiu da emissora da família Marinho no início dos anos 2000, foi para a Rede TV!, passou pela Band e chegou à Record, onde comanda já alguns anos o jornal policial “Cidade Alerta”.
.

Fonte: Uol Televisão