Maria Paula em “A Liga” A atriz e apresentadora Maria Paula está prestes a estrear na nova temporada inédita do programa “A Liga” na Band, mas não foi nada fácil para ela encarar a primeira gravação. Ela revelou apresentação do programa à imprensa que chegou a passar mal.
Isso porque a sequência foi gravada em um cemitério.

Na ocasião, a ex-“Casseta & Planeta” foi enviada ao Capão Redondo, na periferia de São Paulo, para registrar a descoberta de um cemitério clandestino, e acabou encontrando corpos em decomposição.
Eles foram retirados de covas rasas, e isso deixou a atriz em choque.

“Passei mal. Não cheguei a vomitar, mas quase.

Me deram uma máscara para aliviar. Passei dias sentindo aquele cheiro horrível.

Fiquei abaladíssima”, contou ela nesta terça-feira (12).
O evento foi realizado em São Paulo, e nele, Maria Paula disse que, se àquela altura ainda não tivesse assinado contrato com a Band, teria desistido.

“Eu liguei para o diretor para reclamar. Ele disse que era para eu ir me acostumando”, revelou.

Mas isso não foi tudo. Ela contou ainda que tomou um susto, ao bater de frente com um cadáver: “Fui gravar em uma cena de crime.

Não queria ver [o corpo], mas acabei vendo. Mais difícil foi entrevistar a viúva, lidar com a dor daquela mulher”.

.

Fonte: TV Foco