Morreu na madrugada desta terça-feira (23), no Hospital Sancta Maggiore, em São Paulo, o jornalista e apresentador Luis Felipe Goulart de Andrade, aos 83 anos. Ele tinha problemas no sistema cardiorrespiratório. Deixa a mulher, Margareth Bianchini, com quem esteve casado por 13 anos.

Ele tinha três filhos, três netos e uma bisneta.
Otávio Mesquita, que soube da morte do jornalista pela mulher dele, atribui a Goulart a sua principal inspiração.

“Ele é o cara que inventou a madrugada.  “Quando eu resolvi ser jornalista, resolvi seguir ele e disse que um dia seria como ele.

Ele falou, ‘boa sorte, menino. Venha comigo’.

Eu nunca mais me esqueci daquilo”, afirmou Mesquita
Goulart iniciou a carreira na televisão no programa “Preto no Branco”, na TV Rio, em 1958, e, nos anos 70, trabalhou no “São Paulo Especial” e no “Globo Shell Especial”, ambos apresentados pela TV Globo.
Seu último trabalho foi na TV Gazeta como apresentador do programa “Vem Comigo”, onde atuava com alunos da Fundação Cásper Líbero.

.

Fonte: TV Foco