(Foto: Roberto Teixeira)Marilene Saade, mulher do ator Stênio Garcia, explicou o registro postado em seu Instagram em que aparece nua deitada de bruços. No ano passado, ela e o marido tiveram uma foto dos dois nus roubada e divulgada na web. “Temos que fazer do limão uma limonada.

Eu e o Stênio tivemos nossa intimidade roubada. A gente postar uma foto é uma coisa, ter a imagem roubada é outra.

Nós jamais postaríamos foto de um nu frontal. Quem roubou mostrou não uma coisa sensual e, sim, vulgar.

Primeiro que nem pode postar uma coisa assim nas redes sociais porque é algo agressivo. Se você aparece assim no teatro ou até em uma revista, não tenho nada contra, mas existem os veículos apropriados para isso”, falou a atriz.

Aos 47 anos, a atriz garante que o marido, de 83, é um exemplo de vigor físico e sexual. Marilene garante que Stênio nunca fez uso de nenhum estimulante sexual e que o sexo entre eles é intenso e extremamente prazeroso.

Ela revela ainda que foi com o marido que conseguiu chegar ao prazer máximo. Stênio lhe mostrou, através do sexo tântrico – prática hinduísta – que o prazer transcende a simples penetração.

“Meu pai é libanês e minha mãe portuguesa. Fui criada em escola de freira, com muito bloqueio.

Quem me desbloqueou foi o Stênio. Atavés do toque, do cheiro, do despertar dos cinco sentidos, ele conseguiu me fazer chegar ao prazer máximo.

O sexo tântrico faz a mulher se sentir uma deusa”, conta a atriz.
Entretanto, ela passou dos limites.

Esse tipo de exposição nunca é bom e a atriz acabou falando demais e revelando os apelidos também aquecem a relação. “Aqui em cima (aponta para a sua cabeça) é a Mari.

Ali (aponta para o órgão sexual) é a chupeta. Chupei chupeta até os 10 anos de idade e amava chupeta! Como amendoim é a coisa que mais amo comer na vida, chamo o sexo do Stênio de amendoim.

”Ela só não conseguiu segurar a repercussão do apelido. Agora, Stênio Garcia é alvo de piadas nos bastidores dos estúdios da Globo.

.

Fonte: TV Foco