Vivendo a vilã Branca em “Liberdade, Liberdade”, Nathalia Dill lida com o fato da personagem deixar o amor em segundo plano. Para ela, o mais importante é ter um marido para apresentar à sociedade, pensamento bem diferente da atriz, que é independente e bem resolvida.
Em entrevista ao jornal Extra, ela defende as conquistas femininas e revela seus sonhos.

“Tenho muita vontade de me casar. Acho que o ser humano está aí para dividir a vida.

Mas a mulher não pode ter isso como base de suas conquistas, é preciso ter vida, profissão e interesses próprios”, opina ela.
Aos 30 anos, ela diz que a idade ideal para ter filhos, biologicamente, é até os 25 anos.

Mas, questiona: “Mas é nessa fase que você está começando a dar um rumo na sua vida. Como encaixar? Nunca pensei em produção independente.

Quero dividir isso com alguém, mas tem que ser uma pessoa legal e não no desespero. Quero muito ser mãe”, almeja.

.

Fonte: TV Foco