Nathalia Dill está caprichando no sotaque mineiro para viver a jovem mimada Branca, em “Liberdade, Liberdade”. “A minha grande dificuldade era fazer uma vilã com esse sotaque fofo!”, disse a atriz, ao revelar que contou com a ajuda da amiga e também atriz, Mariana Rios.
“Eu tenho uma amiga a Mariana Rios, genial, maravilhosa.

Fico pensando nela sempre. E ela fala ‘fala isso, fala isso, fala aquilo’.

Mas eu não posso porque é em 1800”, contou.
O desempenho de Nathália foi elogiado por Fátima Bernardes.

“Você tá quase uma mineira!”, apontou a jornalista, antes de propor à atriz que lesse frases com o sotaque de Minas Gerais. “Estou me divertindo muito com a Branca! A gente teve uma preparação muito legal que trabalharam o ‘mineirês’”, completou a artista.

.

Fonte: TV Foco