Mariana Godoy em seu programa na RedeTV! (Foto: Divulgação/ RedeTV!)Vi a entrevista de Mirian Dutra no programa de Mariana Godoy na RedeTV!.
Primeiro quero falar sobre a parte técnica do programa.
Logo no começo a apresentadora fala da entrevistada.

 Então a câmera mostra a entrevistada na plateia. A entrevistada se levanta pra ir ao palco.

 E neste momento a câmera abre a imagem e mostra a plateia com grande parte de cadeiras vazias.
Isto não se faz.

Se tem cadeiras vazias a câmera tem que ficar apenas na convidada.
Outra coisa pior é deixar o grande repórter Mauro Taglaferri no canto do cenário de pé.

Mauro tem muito mais currículo de jornalista atuante que Mariana.
E o superintendente de jornalismo da RedeTV! sabe muito bem disto.

Mauro não pode ficar de pé no canto igual o “garçom do Jô” chamado pra servir alguma coisa.
Mauro é o criador das melhores perguntas e o faz com voz altiva e impositiva.

Mirian Dutra não respondeu a nenhuma pergunta de Mauro, mas não teve coragem de ser irônica igual foi duas vezes com Mariana, inclusive ameaçando deixar o programa.
Mirian se postava de maneira superior com Mariana mas não tinha coragem de fazer isto com Mauro Tagliaferri.

Basta ao menos dar um platô e pequena estante a Mauro no canto do cenário e assim dignifica sua presença no palco.
O conteúdo do programa em si deixou tudo a desejar.

De verdade não sei porque levaram Mirian Dutra ao palco pois ela desmentiu tudo que falou pra mídia antes.
E não é verdade o que ela disse que a mídia foi criativa e citava coisas que ela não disse.

Ao menos pra revista Brazil com Z, ao site DCO e à Folha com a jornalista Mônica Bérgamo a Mirian deu documentos de verdade.
Ninguém fez jornalismo criativo com ela.

Mirian disse não se recordar que tinha um contrato com a empresa Brasif que lhe pagava 3 000 dólares do mês pra ela fazer pesquisa de preços.
Mas o próprio dono da empresa confirmou à Folha que ela era contratada.

O programa todo só trouxe desmentidos que eu me dou o direito de não acreditar. Fica uma dúvida comigo do motivo da entrevista.

Todas as vezes que Mariana levou alguém ao palco foi pra pessoa falar algo e revelar algo.
Pela primeira vez Mariana levou alguém que foi lá pra não falar e desmentir o que tinha dito a outro órgão de mídia.

O momento mais constrangedor foi quando Mauro Tagliaferri foi em cima de Mirian pra que ela desmentisse a entrevista dada a Mônica Bérgamo.
Neste momento Mirian parou e pensou e acabou confessando que deu a entrevista a Mônica mas que não se lembrava direito dela.

Sempre que a gente leva alguém num programa de entrevista a gente combina a base do programa e a linha base de entrevistas.
Podem depois serem feitas inúmeras perguntas outras, mas a base tem que ser feita.

Neste caso ficou a estranha sensação de que não conversaram antes com Mirian Dutra e Mirian foi lá apenas pra dizer que não sabia de nada.
Lembrou depoimento de Lula na Polícia Federal.

Aliás um dia antes Mirian Dutra também deu depoimento pra Polícia Federal dizendo que não se lembrava de nada.
Miriam Leitão e Mariana Godoy (Foto: Zé Paulo Cardeal)A parte mais engraçada do programa foi quando ela disse que saiu do Brasil porque quis e não pra que o caminho de Fernando Henrique não fosse prejudicado na política se ela tivesse o filho no Brasil.

Todos os jornalistas da política que hoje tem mais de 50 anos sabem bem o que aconteceu.
Na época o acerto pra que Mirian fosse pra Europa foi feito entre FHC e Roberto Marinho e o Boni sabe muito bem desta história.

Tudo está acontecendo por duas razões, ao meu ver.
Acredito que a causa da primeira entrevista de Mirian foi o fato da TV Globo não ter cumprido o acordo feito em 92 de manter pra toda vida Mirian contratada na Europa e ter demitido a moça ano passado.

Também não descarto o fator psicológico de Mirian ver Fernando Henrique ter se casado agora com uma mulher 46 anos mais jovem.
As opiniões expressas aqui são de responsabilidade do autor do texto, e não reflete a opinião do site TV Foco.

.

Fonte: TV Foco