O apresentador Otaviano Costa resolveu se manifestar sobre a frase polêmica que disse no “Vídeo Show” desta terça-feira (10), ao menosprezar travestis, depois de uma matéria com o ator Orã Figueiredo.
Na ocasião, Orã brincou, em entrevista, dizendo que estava feliz por atuar com três grandes atrizes,  Juliana Paes, Leona Cavalli e Danielle Winits, que é melhor do que o seu último papel em “Tapas & Beijos”.
No extinto seriado da Globo, ele era casado com um travesti.

 Após a matéria, no estúdio, Otaviano repetiu o comentário, com a palavra “traveco”: “Pra quem foi casado com uma traveco, tá bem demais”.
A fala soou como preconceituosa, e ele recebeu muitas críticas nas redes sociais.

Diante disso, o marido de Flávia Alessandra resolveu se manifestar sobre o assunto, e reconheceu o seu erro.
Em um vídeo publicado no seu perfil no Instagram, ele explica a situação, destaca que não é homofóbico, e diz que falou de forma infeliz.

Otaviano diz ainda que abomina o preconceito em sua postura e opiniões.
Porém, como heterossexual, desconhece o dicionário LGBT, e não sabia que “traveco” era uma forma de menosprezo.

Confira:

Um vídeo publicado por Otaviano (@otacosta) em Mai 11, 2016 às 8:13 PDT

.

Fonte: TV Foco