(Foto: Reprodução)Dois dias após o lançamento, a paródia da youtuber Kéfera para a música “Work”, da Rihanna, continua rendendo bastante. Depois de acusações de racismo, já consideradas infundadas pela moça, o vídeo agora foi retirado do Youtube a pedido da gravadora da RiRi, a Warner. Com dois dias de lançamento, a paródia já havia recebido mais de três milhões de visualizações.

Antes do caso com a gravadora, a vlogueira já estava tendo problemas por conta do vídeo. Uma parte dos internautas consideraram o vídeo racista e machista e acusaram o namorado de Kéfera de ter feito blackface para o vídeo (quando uma pessoa branca se pinta de negro para interpretar um papel), além de alegarem que a letra da paródia tratava de um relacionamento abusivo.

A youtuber, que possui mais de oito milhões de seguidores na rede, tentou se explicar e argumentou que nenhuma das acusações feitas pelos seguidores é verdadeira. “Não existiu blackface, ninguém alterou o tom de pele para o vídeo”, disse, explicando que o namorado já tem a pele escura naturalmente.

“Vocês têm muita dificuldade em aceitar quando uma pessoa é bem sucedida em alguma coisa”, continuou. “Tentam arranjar argumentos pra xingar e difamar, pra tentar jogar a pessoa pra baixo, tentar tirar um pouco do sucesso.

”, completou.

.

Fonte: TV Foco