Foto: reprodução.Com um nome parecido com um dos realities culinários do SBT, o “Cozinha em Guerra”, nova competição alimentícia da Record, e sob apresentação de Buddy Valastro, o mesmo do “Cake Boss”, passou por apuros ontem, 8, segundo informa o jornalista Daniel Castro, do “Notícias da TV”.
As gravações de ontem foram atrasadas porque vários participantes da atração começaram a organizar um motim, espécie de rebelião  contra a produção do programa; entre as alegações, estavam: atrasos frequentes nos horários das gravações, longas jornadas  de até 12 horas de filmagens,  além de cansaço e  desrespeito.

Alguns ainda reclamaram de desorganização e reivindicaram melhor tratamento.
Para conter o motim, e uma possível desistência em massa dos participantes, a produção do programa da emissora de Edir Macedo  resolveu chamar o psicólogo do programa para uma conversa entre os participantes e os diretores do reality show.

Vale lembrar que esse é mais um dos programas terceirizados da Record, e até mesmo funcionários da “Endemol Shine” já reclamaram da produção, tendo dois deles até pedido pra serem dispensados.
O ritmo alucinado  de gravações do reality se deve, principalmente, à decisão de última hora de Buddy não mais passar dois meses gravando o mesmo, e sim apenas três semanas.

As diárias chegam, como já dito anteriormente,  a até 12 horas de filmagens, e começaram em 25 de abril. A grande final será ao vivo.

.

Fonte: TV Foco