(Foto: EXTRA)Felipe Heiderich, que foi acusado de pedofilia pela própria esposa, a também pastora Bianca Toledo, deixou a prisão na madrugada deste domingo. Ele, que segundo Bianca teria abusado sexualmente de seu próprio enteado, saiu do local sem tornozeleiras eletrônicas.
De acordo com o Extra, que conseguiu uma foto de Heiderich no momento em que ele estava sendo fichado na delegacia, ele não pôde utilizar o equipamento de monitoramento pelo fato do estado estar sem tornozeleiras eletrônicas.

O caso
Felipe havia sido preso após o Ministério Público acatar um pedido da delegada responsável pelo caso. A investigação também contou com uma avaliação psicológica da criança.

A Polícia Civil informa que o caso continua sendo investigado:

“De acordo com a Delegada de Polícia Cristiana Bento, titular da Delegacia da Criança e Adolescente Vítima – DCAV, Felipe Garcia Heiderich Segundo, de 35 anos de idade, foi preso em cumprimento a mandado de prisão temporária nesta segunda-feira, 04 de julho. Investigações continuam em andamento e diligências estão sendo realizadas”.

 Consequências

.

Fonte: TV Foco