João Cotta/TV Globo Virgínia (Lilia Cabral) em “Liberdade, Liberdade” Lilia Cabral será Virgínia, dona do cabaré de Vila Rica em “Liberdade, Liberdade”, próxima novela das onze, que estreia dia 11 de abril na Globo.A história começa no período da Inconfidência Mineira, de Joaquim José da Silva Xavier – o Tiradentes (Thiago Lacerda) –, e se desenvolve na época em que a família real portuguesa vem para a colônia, nas Américas. A novela focará em uma história ficcional sobre Joaquina (Mel Maia/Andreia Horta), a filha de Tiradentes e Antônia (Leticia Sabatella).

Poucas pessoas sabiam que a bela e inteligente Virgínia era uma das responsáveis pelo movimento do bordel até capturarem Tiradentes e, de lá, o levarem preso e depois para a forca.”Você fala demais, é um boquirroto.

Vai acabar sufocado por essa tua língua comprida”, disse Virgínia para Tiradentes antes dele ser capturado.Com os últimos acontecimentos, Joaquina passava a ser filha do traidor da Coroa Portuguesa.

Virgínia e José Joaquim Maia e Barbalho (Gabriel Chadan), um dos principais integrantes da inconfidência, conseguiram dar suporte para que a menina seguisse para Portugal na companhia de Raposo (Dalton Vigh). Além de resgatar Joaquina, ele sempre foi simpatizante da causa dos rebeldes.

Ao vê-los partir, a dona do bordel deseja proteção a Joaquina, afinal “ela é um símbolo da liberdade”.Dezesseis anos depois, em 1808, Virgínia se surpreende com a volta de Raposo à Vila Rica, acompanhado de uma mulher, que ele chama de Rosa, mas ela reconhece que aquela é Joaquina (Andreia Horta).

Virginia fará o possível para se aproximar dela e contar o que sabe sobre a história de Tiradentes, porém, essa tentativa a fará ganhar alguns inimigos, entre eles Raposo e sua irmã Dionísia (Maitê Proença).O homem que um dia simpatizou com a causa dos inconfidentes, agora é fiel a Portugal e, acima de tudo, quer proteger Joaquina.

Virgínia é mãe de Rubião (Matheus Solano), intendente de Vila Rica, o homem que cuida da preservação dos mandos e desmandos da Coroa Portuguesa. Ele finge que ela não existe, pois nunca reconhecerá ser filho de uma prostituta.

“Liberdade, Liberdade” é uma novela de Mario Teixeira baseada em argumento de Marcia Prates, livremente inspirada no livro “Joaquina, Filha do Tiradentes”, de Maria José de Queiroz. A direção artística é de Vinicius Coimbra.

.

Fonte: Uol Televisão