A Globo leva ao ar atualmente às quintas-feiras a série “Chapa Quente”. A história, que é protagonizada pela atriz Ingrid Guimarães, que interpreta a Marlene, e por Genésio, seu marido, que é interpretado pelo ator Leandro Hassum, voltou a registrar audiência considerável na Globo.
Logo na primeira temporada, a série não agradou aos telespectadores.

Em entrevista à coluna Outro Canal, o autor da produção, Cláudio Paiva, assumiu que “pesou a mão” na primeira temporada.
“Me deu vontade de fazer crítica social e política mais agressiva.

E pesei a mão. A linguagem na charge tem esse deboche, na TV foi um erro.

A série ficou pessimista, um erro que não dá para cometer“, comentou.
O autor também comentou que sua abordagem política de cunho pessimista não foi adequada ao atual momento político em que vive o Brasil.

“Na situação atual do país, as pessoas estão ligadas em tudo, mas têm esperança que vá melhorar. Quando corrigimos o tom, a audiência subiu”

.

Fonte: TV Foco