Foto: divulgação.Com cerca de 12 chamadas ao dia, a Record, entre as três emissoras de TV aberta que cobrirão a Olimpíada, tem sido a mais “silenciosa” na divulgação, como informa Flávio Ricco, do UOL.
Apesar de se dizer a emissora oficial dos jogos olímpicos, a emissora de Edir Macedo já bateu o martelo e decidiu que não exibirá a Olimpíada do Japão, em 2020.

Como razão oficial para tal decisão, a Record alega que há o risco de não obter o retorno comercial à altura, já que boa parte dos jogos se passarão na madrugada. Porém, de acordo com Flávio Ricco, há um outro forte motivo para que a Olimpíada não seja exibida: o horário de “aluguel” para a igreja Universal, que rende milhões à Record todos os anos.

Vale lembrar que, apesar de já ter acertado que não exibirá a Olimpíada de 2020, a emissora de Edir Macedo irá sim transmitir, com exclusividade na TV aberta, o Pan de 2019.

.

Fonte: TV Foco