Julia Dalavia é daquelas típicas cariocas da gema. Tijucana de fala arrastada, a atriz usa uma gíria em cada frase e é adepta do jeito solto de levar a vida. Em cena, ela se transforma.

Como dizia Guimarães Rosa, “Sertão é quando menos se espera”.
Com a valentia de uma sertaneja, a jovem de 18 anos compra o drama de Maria Tereza, protagonista de “Velho Chico”, e se entrega à trama de sangue, suor e lágrimas.

Sobre as cenas românticas, ela destaca: “oram as últimas cenas que fiz. E já tinha uma relação de amizade com o Renato (Góes, seu par na trama).

Ele foi superparceiro. Não fiquei com vergonha porque a equipe é muito cuidadosa.

Foi tudo com bom gosto”, conta, em entrevista ao jornal O Globo.
Aos 18 anos e namorando, ela prefere não falar sobre sua vida pessoal, mas entrega o pai, que ficou com ciúmes: “Ele manda umas brincadeiras, adora dar umas alfinetadas”.

.

Fonte: TV Foco