Gabriela Moreyra, protagonista de “Escrava Mãe”, nova aposta da dramaturgia da Record(Foto: Edu Moraes/Record)A Record registrou, no mês de junho, o maior resultado na média-dia (7h à meia-noite) desde fevereiro de 2009 na Grande São Paulo, com 8,1 pontos de média, dando continuidade à tendência de alta registrada há meses pela emissora. Ainda em relação à média de junho, vale destacar um crescimento de 18% em relação ao mesmo período do ano passado, que registrou 6,9 pontos.
O número, que deixa a Record na vice-liderança isolada, é um reflexo dos investimentos constantes em programação e no sucesso de novos programas, como “Power Couple”, “Os Dez Mandamentos – Nova Temporada” e “Escrava Mãe”.

 Além do crescimento na média dia, a emissora também registrou elevação de seus índices em outras faixas horárias.
Na média tarde (meio dia às 17h59),  a rede de Edir Macedo registrou o aumento de audiência, 27%, passando de 5,8 pontos de média em junho 2015, para 7,4 pontos em junho de 2016, garantindo o segundo lugar isolado.

A média manhã (7h às 11h59), atingiu 5,4 pontos em junho deste ano contra 4,7  no mesmo mês do ano passado, ou seja, houve um salto de 17%.  A Record também consolidou a vice-liderança isolada neste horário.

No horário nobre (18h à meia-noite) , a Record conquistou o segundo lugar isolado, com 11 pontos de média em junho deste ano, contra 9,8 do mesmo período de 2015, com um crescimento de 12%.
A média 24 horas aumentou 16%:  saltou de 5,4 pontos em junho de 2015 para 6,3 pontos no mesmo período de 2016.

O SBT registrou 5,7 pontos.
E no comparativo do primeiro semestre de 2015 e 2016,  a Record  cresceu 16% e foi vice-líder isolada nas duas faixas que medem a audiência do dia: na média 24 horas, a audiência passou de 5 pontos em 2015 para 5,8 pontos em 2016.

 Já na média 7h à meia-noite, foi de 6,4 pontos em 2015 para 7,5 em 2016.
Na média tarde, o crescimento foi de 26%.

No primeiro semestre deste ano, a Record consolidou o segundo lugar isolado e chegou a 7,2 pontos de média, ante 5,7 pontos no ano passado.
A média manhã também foi vice-líder isolada e conquistou 5,1 pontos de média, com um aumento de 19% em 2016.

A média do primeiro semestre de 2015 foi de 4,3 pontos.
No horário nobre, a vice-liderança absoluta foi alcançada com 9,7 pontos de média, contra 8,9 no primeiro semestre de 2015.

O crescimento foi de 9%.
Cada ponto equivale a 69.

4 mil domicílios na Grande São Paulo.

.

Fonte: TV Foco