(Foto: Reprodução)Em breve, a Record News fará mudanças drásticas em sua essência jornalística.
Na verdade, as mudanças poderão ser vistas logo após os jogos olímpicos, como informa o jornalista Flávio Ricco. O canal, como nome, não deixará de existir, mas o projeto inicial de uma emissora essencialmente jornalística, anunciado em seu começo e desfigurado no decorrer dos últimos anos, será arquivado de vez.

O desenho da nova programação, com possibilidades de lançamento imediatamente após a Olimpíada, ainda não é anunciado e não existe ninguém autorizado a falar sobre ele. No entanto, fala-se que o único jornal que será mantido será o JRNEWS com Heródoto Barbeiro.

Sabe-se, no entanto, que a proposta de agora é abrir o leque e transformar a Record News numa TV como outra qualquer, desimpedida para receber toda variedade de programas de uma emissora comum.
 Um dos motivos para isso é a possibilidade de inserção de programação religiosa, diga-se da Igreja Universal de Edir Macedo, que já domina as madrugadas do canal.

E não se espante se a emissora começar a exibir enlatados também.

.

Fonte: TV Foco