Guilherme Winter (Moisés) em cena de “Os Dez Mandamentos”, principal produto da Record(Foto: Reprodução/Record)O anúncio publicado pela Record nos principais veículos do País nesta quinta-feira (28), onde diz que decidiu congelar sua tabela de preços para o mercado nacional até 31 de março de 2017, acabou virando piada no mercado de anunciantes.
Publicitários, que conhecem os descontos praticados pelo canal de Edir Macedo, riram da peça e sugeriram que a emissora poderia congelar seus preços pelos próximos dez anos. A análise faz sentido, ao levar em conta que a Record chega a dar descontos de até 98% sobre sua tabela de preços no mercado nacional.

Um exemplo deste tipo de “promoção” de anúncios, é laboratório Gennoma Lab., responsável por produtos como Cicatricure e Asepxia.

É o que informa o jornalista Daniel Castro.
Na peça, a emissora afirma que “não se atravessam momentos difíceis sem atitudes ousadas, por isso, o Grupo Record vai manter sua tabela de preços congelada”, e diz que sua intenção ao congelar preços de anúncios é “contribuir pra que o Brasil retome seu crescimento depende de cada um de nós”, e que acredita “que só se enfrentam dificuldades desse tamanho tomando atitudes ousadas como essa”.

.

Fonte: TV Foco