Acontece no capítulo 27, terça-feira, 03 de maio
Edmundo diz a Carmen que não faltará com sua ética profissional, nem por ela, nem por ninguém. Ele afirma que se ela não quer enfrentar Augusto é porque não o ama como diz amar. Carmen responde que Edmundo acaba de perdê-la.

Bráulio diz a Damião que Ramiro convenceu Almerinda a despedir Lucio, pois do contrário o senhor continuaria trabalhando. Damião visita Lucio para propor que ele volte ao trabalho na processadora.

Lucio responde Damião não tem esse direito, pois apesar de ser o dono, não está a par da situação dos trabalhadores. Carmen procura Ramiro para que ele a ajude a se desfazer das amostras de sangue de Elisa e Augusto.

Ramiro tenta tomar Carmen a força e a diz que se precisa mesmo de sua ajuda, ele cobrará o favor adiantado. Carmen o esbofeteia e o diz não precisar dele para nada.

Elisa escuta quando Damião diz a Lucio que vai embora porque Almerinda sempre o está determinando o que fazer, e isso o incomoda. Paulo procura Elisa e diz tudo que sente por ela, Elisa o responde que ele está perdendo seu tempo com ela.

Damião diz a Almerinda que não entende porque ela confia tanto em Ramiro Mendonça, que é uma pessoa que não tem respeito nenhum pelos trabalhadores. Almerinda o responde que ele não tem nenhum direito de julgar Ramiro, e que graças á ele a processadora segue funcionando desde a morte de Rogério.

Damião se enfurece quando Henrique diz que Elisa estava paquerando Ramiro. Henrique segue espalhando os boatos de que Elisa já esteve com a maior parte dos homens do povoado.

Damião o sacode e pergunta se ela também se meteu com ele. Florência interrompe a discussão e diz a Damião que ele fica como louco quando ouve falar de Elisa.

Damião diz a Florência que o chateia que digam tantas mentiras de Elisa, porque ele a conhece muito bem e sabe que ela não é assim como dizem. Carmen tenta subornar uma enfermeira para que entregue exames falsos de DNA a Augusto.

No entanto, ela responde que se Carmen não se retirar irá chamar o segurança. Almerinda tenta fazer um trato com Elisa sem o conhecimento de Augusto, mas ela responde que se seu pai não está de acordo, não há trato.

Acontece no capítulo 28, quarta-feira, 04 de maio
Almerinda deixa claro para Elisa que jamais honraria um trato feito com alguém que tenha o sobrenome Bouvier, e que inventou a festa de compromisso de Damião só para mostrar-lhe que seu filho terá ao lado uma mulher decente. Elisa responde que Almerinda a inspira pena, pois é um ser cheio de ressentimento e amargura.

Elisa finaliza a conversa dizendo que mesmo que isso a zangue, irá cultivar em suas terras, e isso ajudará Augusto em seus negócios. Lucio se sente frustrado e acredita estar velho, e não ter forças para se defender de Ramiro.

Branca tenta animá-lo, mas Lucio a pede que o deixe só. Florência, furiosa, joga na cara de Damião o colar que ele a deu, e lhe pergunta como ele teve coragem de dar a ela o mesmo presente que deu a Elisa.

Damião responde que não a presenteou, que ele iria atirar o colar no lixo, mas ela lhe pediu. Florência grita com Damião, dizendo que jamais seguirá mais quinze dias no povoado.

Florência diz a Paulo que está certa que Damião gosta de Elisa, pois a defende com uma ferocidade jamais vista. Gael diz a Damião que Augusto está a ponto de ficar na ruína.

Almerinda diz a Ramiro que vigie todos os passos de Elisa e evite a todo custo que ela torne suas terras novamente produtivas, porque os Bouvier não podem ter nenhuma chance de progresso. Branca procura Ramiro para reclamar que ele tenha agredido Lucio.

Ele chega acompanhado de Carmen. Branca se surpreende ao escutar Carmen dizendo que Estefânia jamais foi amante de Rogério, que a amante era ela, que ia fugir com ele, e que ela está planejando uma maneira de fazer com que os resultados do exame de DNA de Augusto e Elisa sejam alterados.

Florência provoca Henrique e eles se beijam. Sabrina os surpreende, Florência se finge de ofendida, e o esbofeteia.

Branca procura Almerinda para falar de Estefânia. Almerinda a responde que ela sempre defendeu essa mulher apesar de todo mal que ela a fez.

Florência tenta convencer Damião a voltar a capital. Ele responde que não pode obrigá-la a ficar num lugar onde não é feliz, mas ele já decidiu ficar, pois irá cuidar dos negócios de sua família.

Acontece no capítulo 29, quinta-feira, 05 de maio
Paulo procura Elisa e ela novamente o lembra que se ele a busca com outras intenções, perde seu tempo. Paloma diz a Elisa que sabe que Damião a ama, mas ela precisa lutar por ele.

Elisa fica confusa e Paloma a lembra que enquanto Damião não se casar, é um homem livre. Branca diz a Dolores que precisa falar com Augusto sem que Carmen saiba da conversa.

Branca pede a Augusto que vá a sua casa, mas sem que Carmen saiba. Por azar, Carmen escuta e diz a Branca que se ela tem algo a dizer a seu marido, pode fazê-lo em sua presença.

Branca diz a Carmen que ela é uma hipócrita, e por isso jamais conseguiu fazer com que Augusto esqueça Estefânia. Branca se despede e lembra Augusto que no dia seguinte o espera em sua casa, pois ele, diferentemente de Carmen, é muito bem-vindo.

Carmen, furiosa, diz a Augusto que espera que ele não dê ouvidos ao que Branca disse. Augusto responde que não irá se sentar com Branca para falar sobre as diferenças entre Carmen e Estefânia porque já as conhece de sobra.

Padre Lupe exige que Ingrid diga qual seu propósito em se aproximar de Gael, pois não confia nela nem seu arrependimento. Ingrid responde que não importa em que o Padre acredite, ela irá atrás de Gael e não descansará até cumprir seu propósito.

Damião diz a Lucio que decidiu tomar posse dos negócios de sua família, a começar pela processadora, e precisa dele novamente na empresa para que o oriente. Damião pergunta a Lucio se ele foi agredido por Ramiro por tentar proteger Elisa.

Lucio responde que Elisa jamais paquerou Ramiro. Damião informa Ramiro que ocupará o lugar de seu pai na processadora, e Lucio será como sua mão direita.

Ramiro ordena a Horácio que mate Lucio. Horácio vê Lucio entrar na casa de modas de Branca, mas não o vê sair.

Ele coloca explosivos na loja. Minutos depois, ouvem se explosões e a casa de modas começa a se consumir em meio às chamas.

Acontece no capítulo 30, sexta-feira, 06 de maio
Branca morre e Elisa se sente culpada por tê-la deixado sozinha. Damião a diz que ela não é culpada de nada e tampouco poderia ter feito algo.

Damião diz a sua mãe que Branca morreu e que vai se encarregar de todos os gastos. Almerinda, zangada, responde que ele não tem nenhuma obrigação.

Damião responde que, de todo modo, irá se encarregar disso. Florência pergunta a Almerinda porque a morte de Branca afetou tanto Damião.

Almerinda responde que ele a conhece desde que era pequeno, e aconselha a acompanhar Damião no cortejo, pois Elisa era afilhada da falecida. Horácio diz a Ramiro que cumpriu com o trabalho que ele o deu, e agora ele precisa lhe dar o que prometeu.

Ramiro, furioso, o sacode dizendo que quem morreu foi Branca, e não o dará nada. Ele ainda diz que caso ele abra a boca e conte o crime lhe dará algo que ele nunca se esquecerá.

Paulo chega à casa de Elisa e diz a Dolores que a casa de modas explodiu e uma mulher morreu. Elisa chega em casa, chorando, e diz a seu pai que sua madrinha acaba de falecer.

Carmen sugere a Paulo que aproveite a oportunidade, pois Elisa está muito vulnerável, já que Branca era muito importante pra ela. Bráulio diz a Damião que os peritos disseram que o incêndio que resultou na morte de Branca pode ter sido provocado.

Ramiro chega para dar os pêsames a Lucio, que grita que Ramiro é um assassino. Lucio diz a Damião que Gael está certo que Ramiro teve a ver com o incêndio porque o odeia.

Damião responde que se fosse assim, o vitimado seria Lucio, já que Ramiro não tinha nada contra Branca. Lucio contesta, dizendo que Ramiro quis pegar aonde mais o doeria.

O Padre Lupe diz a Ramiro que respeite a dor de Lucio e vá embora. Dolores tenta consolar Elisa, que a diz que em frente a seu padrinho teve de se mostrar forte, mas por dentro está em pedaços.

Elisa diz que a morte de Branca é como reviver a morte de sua mãe. Carmen recrimina Augusto por ter ido ao funeral de Branca.

Augusto a responde que tinha o dever de ir, e que lamenta muito não tê-la escutado sobre o assunto que ela queria lhe falar. Paulo diz a Elisa que deseja lhe dar todo seu apoio.

Carmen, muito feliz, fica pensando que foi uma grande sorte que Branca tenha levado seu segredo para o tumulo.
Acontece no capítulo 030, sexta-feira, 06 de maio
Paulo procura Elisa e ela novamente o lembra que se ele a busca com outras intenções, perde seu tempo.

Paloma diz a Elisa que sabe que Damião a ama, mas ela precisa lutar por ele. Elisa fica confusa e Paloma a lembra que enquanto Damião não se casar, é um homem livre.

Branca diz a Dolores que precisa falar com Augusto sem que Carmen saiba da conversa. Branca pede a Augusto que vá a sua casa, mas sem que Carmen saiba.

Por azar, Carmen escuta e diz a Branca que se ela tem algo a dizer a seu marido, pode fazê-lo em sua presença. Branca diz a Carmen que ela é uma hipócrita, e por isso jamais conseguiu fazer com que Augusto esqueça Estefânia.

Branca se despede e lembra Augusto que no dia seguinte o espera em sua casa, pois ele, diferentemente de Carmen, é muito bem-vindo. Carmen, furiosa, diz a Augusto que espera que ele não dê ouvidos ao que Branca disse.

Augusto responde que não irá se sentar com Branca para falar sobre as diferenças entre Carmen e Estefânia porque já as conhece de sobra. Padre Lupe exige que Ingrid diga qual seu propósito em se aproximar de Gael, pois não confia nela nem seu arrependimento.

Ingrid responde que não importa em que o Padre acredite, ela irá atrás de Gael e não descansará até cumprir seu propósito. Damião diz a Lucio que decidiu tomar posse dos negócios de sua família, a começar pela processadora, e precisa dele novamente na empresa para que o oriente.

Damião pergunta a Lucio se ele foi agredido por Ramiro por tentar proteger Elisa. Lucio responde que Elisa jamais paquerou Ramiro.

Damião informa Ramiro que ocupará o lugar de seu pai na processadora, e Lucio será como sua mão direita. Ramiro ordena a Horácio que mate Lucio.

Horácio vê Lucio entrar na casa de modas de Branca, mas não o vê sair. Ele coloca explosivos na loja.

Minutos depois, ouvem se explosões e a casa de modas começa a se consumir em meio às chamas.
Acontece no capítulo 031, segunda-feira, 09 de maio
Branca morre e Elisa se sente culpada por tê-la deixado sozinha.

Damião a diz que ela não é culpada de nada e tampouco poderia ter feito algo. Damião diz a sua mãe que Branca morreu e que vai se encarregar de todos os gastos.

Almerinda, zangada, responde que ele não tem nenhuma obrigação. Damião responde que, de todo modo, irá se encarregar disso.

Florência pergunta a Almerinda porque a morte de Branca afetou tanto Damião. Almerinda responde que ele a conhece desde que era pequeno, e aconselha a acompanhar Damião no cortejo, pois Elisa era afilhada da falecida.

Horácio diz a Ramiro que cumpriu com o trabalho que ele o deu, e agora ele precisa lhe dar o que prometeu. Ramiro, furioso, o sacode dizendo que quem morreu foi Branca, e não o dará nada.

Ele ainda diz que caso ele abra a boca e conte o crime lhe dará algo que ele nunca se esquecerá. Paulo chega à casa de Elisa e diz a Dolores que a casa de modas explodiu e uma mulher morreu.

Elisa chega em casa, chorando, e diz a seu pai que sua madrinha acaba de falecer. Carmen sugere a Paulo que aproveite a oportunidade, pois Elisa está muito vulnerável, já que Branca era muito importante pra ela.

Bráulio diz a Damião que os peritos disseram que o incêndio que resultou na morte de Branca pode ter sido provocado. Ramiro chega para dar os pêsames a Lucio, que grita que Ramiro é um assassino.

Lucio diz a Damião que Gael está certo que Ramiro teve a ver com o incêndio porque o odeia. Damião responde que se fosse assim, o vitimado seria Lucio, já que Ramiro não tinha nada contra Branca.

Lucio contesta, dizendo que Ramiro quis pegar aonde mais o doeria. O Padre Lupe diz a Ramiro que respeite a dor de Lucio e vá embora.

Dolores tenta consolar Elisa, que a diz que em frente a seu padrinho teve de se mostrar forte, mas por dentro está em pedaços. Elisa diz que a morte de Branca é como reviver a morte de sua mãe.

Carmen recrimina Augusto por ter ido ao funeral de Branca. Augusto a responde que tinha o dever de ir, e que lamenta muito não tê-la escutado sobre o assunto que ela queria lhe falar.

Paulo diz a Elisa que deseja lhe dar todo seu apoio. Carmen, muito feliz, fica pensando que foi uma grande sorte que Branca tenha levado seu segredo para o tumulo.

Acontece no capítulo 032, terça-feira, 10 de maio
Dolores encontra Horácio fora da igreja e, chorando, diz que Branca era uma mulher muito querida por todos e que para Elisa era como uma segunda mãe, por isso a dói muito sua morte, Horário, com pena, pede licença para Dolores e sai. Antonia diz a Almerinda que Bráulio a disse o incêndio que vitimou Branca pode ter sido provocado.

Almerinda a questiona sobre quem poderia ter interesse em fazer mal a Branca. Antonia responde que Ramiro odeia Lucio e estava furioso porque Damião havia dito que o senhor voltaria a ter um cargo de confiança na processadora, Almerinda zangada diz a Antonia que é muito cômodo jogar a culpa de tudo em Ramiro e que o culpado, mais cedo ou mais tarde, será pego pelas autoridades.

Carmen descobre, por casualidade, que foi Ramiro quem ordenou a Horácio que matasse Lucio, mas por uma infelicidade quem acabou morrendo foi Branca. Carmen exige uma grande quantia em dinheiro para guardar o segredo de Ramiro, este à diz que também sabe um grande segredo dela, e tem o guardado por anos, então que agora eles estão quites.

Florência conta a Almerinda sobre o incidente entre Lucio e Ramiro. Damião escuta quando Florência está falando com Sabrina para marcar um encontro com Henrique, as interrompe e pergunta qual o motivo desse encontro.

Acontece no capítulo 033, quarta-feira, 11 de maio
Damião exige a Florência que o diga o porquê de ela ir ver Henrique, astuta, Florência responde que Henrique está muito triste pelo incidente que teve no trabalho, e acredita que Damião irá demiti-lo, e certamente Henrique queria pedir lhe que ela intercedesse por ele. Damião pede a Sabrina que diga a Henrique para ficar tranquilo, pois ele não irá demiti-lo.

Damião procura Elisa e Carmen o diz que certamente ela saiu com Paulo. Florência diz a Paulo que Damião quase descobre que ela estava se encontrando com Henrique, Paulo diz a Florência que Henrique deve estar muito interessado nela, e ela deveria aproveitar a situação para causar ciúmes em Damião.

Lucio pede a Augusto que o prometa que irá mudar sua atitude com Elisa, e deixe essa dúvida de que não é o pai da garota, Augusto diz a Lucio que já realizou um exame de DNA, Lucio transtornado diz a Augusto que não acredita que ele precise de um papel para saber que Elisa é sua filha. Florência chama Henrique, e deixa claro que ama Damião, porém eles podem ser bons amigos, e inclusive podem se ver de vez em quando.

Paulo procura Elisa e Carmen o diz que Damião está muito interessado na sobrinha, que se ele não se esmerar na conquista rapidamente, Elisa acabará ficando com Damião. Elisa chega a seu quarto e se surpreende ao encontrar Paulo, furiosa, ela o expulsa do local, porém antes de ir Paulo a beija, e justo neste momento entra Augusto, que furioso insulta a filha e a diz que ela é igual sua mãe.

Augusto, zangado, recrimina Carmen por não ter se dado conta do que estava ocorrendo em sua própria casa, Carmen, hipócrita, diz que Elisa já não é uma menina, e quem vai saber desde quando ela tem se encontrado com Paulo as escondidas, e em seu quarto. Carmen, com a ajuda de Ramiro e Horácio consegue falsificar o exame de DNA de Elisa e Augusto.

O Doutor Edmundo entrega á Augusto a prova de paternidade e o diz que assim que abrir o envelope, saberá por fim se Elisa é ou não sua filha.
Acontece no capítulo 034, quinta-feira, 12 de maio
Carmen despede Dolores porque ela a diz que toda a vida invejou sua irmã Estefânia, e odeia Elisa porque ela a faz lembrar de sua irmã, além de garantir que sabe que foi a megera que permitiu a entrada de Paulo no quarto de Elisa.

Paulo diz a Ramiro que Carmen foi quem o deixou entrar no quarto de Elisa, e está se zangou muito, porém o pior foi que quando ele estava para sair, chegou Augusto, e o flagrou junto com a garota. Ramiro diz que Carmen é muito especial, e ele deve ter cuidado com ela.

Augusto lê o resultado da prova de paternidade falsificada e fica desolado ao se inteirar que Elisa não é sua filha. Gael, furioso, tenta agredir Paulo, a fim de que ele deixe Elisa em paz.

Damião pergunta a Gael porque ele queria brigar com Paulo, Gael o diz que Paulo se meteu no quarto de Elisa, e não acredita que ele tivesse boas intenções. Damião adverte Paulo que se não deixar Elisa em paz, será ele mesmo que o “quebrará” a cara.

Elisa diz a Dolores que irá embora com ela, Augusto adverte Elisa que não vá, pois o que quer é liberdade para fazer o que a de vontade. Elisa diz ao pai que fica com a condição que Dolores também fique, Augusto procura Carmen para dizê-la que Elisa e Dolores ficaram na casa.

Carmen adverte Augusto que quando souber o resultado de exame de DNA, será ele mesmo quem expulsará Elisa de casa. Augusto o diz que já sabe o resultado, e que Elisa fica, sendo ou não sua filha.

Carmen adverte Dolores que procurará uma maneira para se desfazer dela. Almerinda diz a Elisa que quer fazer um trato com ela, Elisa responde que já sabe que com ela não existem tratos, e também não a interessa dialogar.

Almerinda insiste, dizendo que pode resolver todos os problemas econômicos de Augusto, em troca de que ela apenas se afaste de Damião. Elisa responde que o melhor seria que Almerinda oferecesse algo que interessasse á Damião, assim ele não a procuraria, e tudo que ela deseja é que Damião e Florência desapareçam, e Almerinda a deixe em paz.

Elisa pede a Lucio que a ajude a semear nas terras que herdou de sua mãe. Almerinda tenta convencer Damião a voltar para a capital, e que adiante o casamento com Florência.

Damião responde que não entende o motivo de tanta pressa, Almerinda diz que o tem notado muito estranho com Florência, e o pergunta se ele realmente quer se casar com ela.
Acontece no capítulo 035, sexta-feira, 13 de maio
Florência fica histérica quando Damião a diz que seria bom que ela fosse para a capital, e eles se permitissem um tempo, cada um do seu lado.

Paulo procura Elisa, hipócrita, a diz que quer se desculpar pelo problema que a causou com seu pai, e jura que isso jamais voltará a ocorrer. Elisa responde que não voltará a ocorrer porque qualquer tipo de relação que poderia haver entre eles acabou, pois nunca mais voltará a confiar em suas boas intenções.

Elisa conta a Dolores sobre o incidente que teve com Paulo, e também que Almerinda propôs dar lhe muito dinheiro para que ela se afastasse de Damião. Dolores diz a Elisa que Almerinda está muito preocupada que esse casamento entre Damião e Florência nem chegue a acontecer.

Kenia chega diante de Ingrid e a exige que ela a ajude, Ingrid a diz que lhe de um quarto, mas que nem pense em dizer isso a sua filha. Ingrid fica furiosa porque Gael e o Padre Lupe a surpreendem beijando Ramiro.

Carmen diz a Elisa que se Damião realmente a interessa, já pode tratar de esquecê-lo, porque Augusto jamais aceitaria essa relação. Elisa a responde que não se preocupe, porque Damião já é um homem comprometido.

Carmen, cínica, diz a Elisa que certas mulheres sentem como que uma atração irresistível por homens comprometidos, assim como sua mãe, Elisa a corrige, dizendo que no caso seria como Carmen, pois ela mesma a surpreendeu beijando seu pai, quando sua mãe ainda estava viva. Florência segue paquerando Henrique, ele a diz que está se apaixonando por ela, e tem se sentido culpado diante de Damião.

Elisa diz a Dolores que vai procurar Paloma, Carmen escuta e de imediato diz a Paulo que cerque Elisa, pois enfim ela poderá ser dele. Paulo espia Elisa, e furioso, a diz que tem sido muito paciente com ela, mas que já havia a advertido que ela seria dele por bem ou por mal, e como não foi por bem, eles ficarão juntos naquele momento, da forma que ele quiser.

Paulo tenta abusar de Elisa, Damião chega e o agride. Ingrid procura o Padre Lupe para pedir lhe que fale com Gael, o Padre a responde que levou Gael ao hotel como ela havia pedido, mas chegando lá eles a viram aos beijos com Ramiro, e a pouca boa imagem que Gael tinha dela, foi por água abaixo.

Florência segue disposta a estar com Henrique, e o beija, mas logo o pede que não mal interprete as coisas, pois ela ainda está confusa. Gael exige ao Padre Lupe que explique para que o levou ao hotel para ver Ingrid, e completa dizendo que sente que o Padre está o escondendo alguma coisa.

Resumo da novela “Abismo da Paixão”

.

Fonte: TV Foco