Acontece no capitulo 013, quarta-feira, 20 de abril
Josué fica tenso, porém firme, diante do rei. Balaque questiona porque Moisés deu sua palavra e não compareceu. Josué diz que ele ficou cuidando da construção do tabernáculo para o Deus de Israel.

Elda percebe o clima tenso e interfere. Josué pergunta por Jetro e sua família.

Arão e Moisés conversam sobre o desafio de conquistar as terras de Canaã e que terão que lutar muito. Balaque mente bem e conta a Josué que o reino foi invadido por inimigos que mataram Menahem e Jetro.

Todos ficam chocados com a notícia. Josué exige saber o paradeiro de Adira e das crianças e Balaque confirma que fugiram.

Ele então pede para ver Betânia. Na cidade de Hesbom, dos amorreus, Adira está amarrada a carroça e prestes a ser negociada como escrava.

Tanya conta a Betânia que os hebreus chegaram, mas Moisés e suas irmãs não vieram. Josué se apresenta para Betânia, diz que foi enviado por Moisés e quer falar a sós com ela.

Balaão sugere que o rei trate bem Josué para que ao final do casamento eles consigam uma aliança com os hebreus. Betânia confirma toda a história para Josué e sofre muito por mentir.

Ela diz que aceitou o pedido de casamento e vai permanecer em Moabe. Tanya conta a rainha que se interessou por Josué e Elda dá força para conquista-lo.

Natan suplica ajuda a Deus quando um casal passa por perto e ele consegue alimentos para as crianças. Rishon não tira os olhos de Adira.

Betânia explica para Josué que vai ficar para encontrar a filha. Ele tenta convencê-la do contrário.

Elda e Corá conversam com certa intimidade. Ele dá notícias de Zur e a rainha entrega uma recompensa a Corá.

Natan agradece a ajuda do casal e segue na direção do Monte Sinai. Joquebede mostra a todos a roupa de sacerdote de Arão.

Betânia arrasada por ter mentido para Josué. Rishon chega em casa com sua nova escrava, Adira.

Ele fala ríspido com a mulher Dorcas, e pede que cuide de Adira. Josué encontra com Cabele e diz que conversou com Betânia.

Ela desabafa com Emma e diz que tem vontade de largar tudo e voltar para sua família porque pressente que vai desagradar a Deus novamente. Ana diz a Joana que acha que ela está interessada por Arão.

Ela sai irritada. Balaque recebe Josué e os demais hebreus na sala do trono, com um grande banquete.

Tanya tenta seduzir Josué, que nem nota a moça. O rei pergunta sobre o evento do mar vermelho e eles confirmam que é tudo verdade.

Josué diz que Deus livrou e protegeu seu povo dos inimigos e fará isso quantas vezes for preciso. O rei e a rainha trocam um olhar preocupado.

Balaão lembra Betânia que ela deve permanecer firme na mentira contada ao representante de Moisés e no dia seguinte ao casamento ela saberá onde está sua filha. Chega o dia do casamento de Betânia.

Ela chora lembrando os conselhos do pai e pensa em desistir.
Acontece no capitulo 014, quinta-feira, 21 de abril
Betânia tenta fugir para não se casar com o rei.

Emma consegue alcança-la e Betânia pede ajuda da serva para encontrar Josué. As irmãs de Zípora imaginam como será o casamento de Betânia.

Zur pede para falar com Jaque. A irmã de Zípora diz que enquanto ele não pedir a mão dela a Moisés eles devem ficar afastados.

Tanya conta para a rainha que Betânia começou a chorar na prova do vestido e saiu apressada. Elda diz que ela não pode encontrar Josué antes delas.

Os convidados aguardam na sala do trono, entre eles Josué, Corá, Aoliabe e Calebe. Corá está deslumbrado e os demais incomodados por estarem ali.

Elda exige que Betânia volte, mas a moça é firme e diz que vai voltar para o acampamento com sua família. Balaão pede para ficar a sós com ela e usa uma de suas técnicas para convencê-la.

Zípora, Joquebede e Miriã aprovam os tecidos e roupas dos sacerdotes. Zípora pergunta a Joquebede porque Miriã está triste.

A sogra explica que a causa é porque Hur ainda não pediu a Moisés para firmar o compromisso deles. Betânia diz que está decidida a ir embora e Moisés a ajudará a encontrar sua filha.

Balaão ameaça matá-la e pede que pense melhor. Betânia recua e volta para o harém para se arrumar.

Josué estranha a demora de Betânia e decide procurar por ela, mas é impedido pelos reis. Moisés orienta a todos sobre a construção do tabernáculo.

Ele questiona Abirão sobre sua relação com a família. O irmão de Datã conta que o filho, Tales, não quer ajudar no trabalho.

Adira está traumatizada num canto do quarto da casa de Rishon, assustada, traumatizada. Balaque fica deslumbrado com a beleza de Betânia com os trajes de noiva.

Josué percebe que Betânia não está feliz. Arão orienta o povo a começar a construção da arca da aliança.

Joana admira Arão discursando. Abiú percebe e se entristece.

Josué e os demais se olham, lamentando a tristeza de Betânia no casamento. Dorcas, a esposa de Rishon, trata Adira com desprezo.

Natan e as crianças parecem perdidos no deserto. Josué, Calebe e Aoliabe cumprimentam os noivos.

Josué se aproxima de Betânia e diz que ainda pode tira-la de lá. Ela agradece, mas fala que tem seus motivos para casar.

Corá e Elda se encontram escondidos. A rainha confessa que Balaque matou Jetro e Menahem e diz não ter certeza se Adira, os filhos e o servo manco estão mesmo mortos.

Corá se espanta. Josué e os demais já estão se acomodando no deserto para passar a noite.

Corá se afasta do grupo. Entra numa caverna para prepara ervas.

Natan e as crianças aparecem. Corá percebe a perna manca do servo e supõe que as crianças são os filhos de Adira.

Natan explica que precisam ir ao Sinai para encontrar Moisés. Corá, se fingindo de bom, diz que também está indo para lá.

Acontece no capitulo 015, sexta-feira, 22 de abril
Corá se finge de amigo e diz que vai levar Natan, Abner e Haya para o acampamento hebreu. Ele diz que está sozinho e pede abrigo.

Betânia, pensativa, se arruma para a lua de mel. Elda conta a Balaque que Betânia quase fugiu antes do casamento.

Balaão diz a Betania que está satisfeito por ela ter cumprido sua parte no trato. E ela pede o mesmo a ele.

Nadabe diz aos irmãos que gostaria de lutar em guerras como Josué a trabalhar como sacerdote. Abiú confessa para Arão que gosta de Joana e conta que a viu olhando com interesse para o pai.

Moisés procura por Hur e pergunta quais são as intenções com Miriã. Abirão obriga o filho Tales a ajudar na construção.

Ana sente falta de Josué. Betânia se apresenta ao rei e não disfarça a tristeza.

Moisés pergunta a Hur se ele quer casar com Miriã, mas ele não demonstra certeza. Arão está contemplando as estrelas quando Joana aparece.

Ele tenta evitá-la. Abiú os vê de longe e fica irritado.

Adira está encolhida em um canto da casa de Rishon. Talita, a outra serva, leva comida para Adira, que chora ao lembrar da família.

As crianças estão dormindo e Natan explica para Corá tudo o que aconteceu desde foram a Moabe. Corá finge indignação e diz que vai ajudá-los a chegar ao acampamento hebreu.

Corá planeja matar Natan e empurra o servo de Jetro de um penhasco. Ele volta à caverna e tenta matar Abner, mas desiste quando vê o menino dormindo.

Calebe, Josué e Aoliabe procuram por Corá. Abigail conta a Deborah sobre Leila e Gahiji.

Betânia diz a Emma que não chegou a se deitar com o rei. A dama adverte que ela não conseguirá adiar isso por muito tempo.

Miriã diz a Moisés que não gostou do irmão ter ido falar com Hur sobre a relação dos dois. Abner desperta e pergunta por Natan.

Corá diz que o servo morreu em um assalto. O menino se desespera ao saber que vai voltar para a cidade de Quir.

Na beira do penhasco, Natan ferido e sangrando, tenta se levantar.
Record estreou segunda temporada da novela

.

Fonte: TV Foco