Caio Blat Um dos personagens de maior destaque em “Liberdade, Liberdade”, André (Caio Blat), que causou polêmica recentemente ao protagonizar o primeira cena de sexo entre dois homens na televisão brasileira, não terá final feliz na trama.
Ele será condenado à forca por manter um caso com Otto (Luan Vieira). Essa, para quem não sabe, era a punição aplicada no Brasil aos homossexuais.

 Tolentino (Ricardo Pereira) nada faz para salvar o ex-amante, mas vai a seu velório.
Xavier (Bruno Ferrari) também será condenado à morte, mas conseguirá se salvar com os rebeldes explodindo a intendência, no meio da confusão.

.

Fonte: TV Foco