O SBT completou 35 anos, e nesse tempo todo foi responsável por revelar diversos apresentadores, principalmente através do Silvio Santos. Muitos deles já eram artistas, mas passaram a comandar programas na TV de Silvio Santos. Confira cinco exemplos de apresentadores revelados pelo SBT.

(Foto: Reprodução)ELIANA
Eliana começou a carreira artística como cantora do grupo musical A Patotinha e depois do Banana Split.
Sua vida mudou quando em 1991 ela participou do programa “Qual é a música?”.

Seu desempenho e espontaneidade encantaram Silvio Santos que a convidou para comandar seu primeiro programa, “Festolândia”, apenas alguns meses depois da participação no programa do Silvio.
Gugu no “Domingo Legal” (Foto: Reprodução)GUGU LIBERATO
O Gugu começou a trabalhar com Silvio Santos em 1974, com apenas 14 anos de idade, na TV Globo.

Antes era office boy em uma imobiliária (agora era office boy do Silvio).
Ele foi chamado para trabalhar com “o homem” porque enviava cartas a ele com idéias de quadros para seus programas.

Ele chegou a cursar odontologia, mas Silvio o chamou de volta com a promessa de lhe dar um programa na recém lançada TVS.
Em 1982, quando o SBT tinha apenas um ano de vida, ele estreou como apresentador do “Viva a Noite”, nos sábados à noite.

Celso Portiolli no “Passa ou Repassa” em 1996 (Foto: Reprodução)CELSO PORTIOLLI
Celso sempre teve o sonho de trabalhar na TV, não necessariamente como apresentador. Em 1993, quando tinha 25 anos, enviou uma fita com sugestões de câmeras escondidas para o “Topa Tudo por Dinheiro”.

A partir daí, Silvio o chamou para ser produtor, e em seguida ator das pegadinhas. Em 1996, com a saída da Angélica do SBT, surgiu uma vaga para apresentador do “Passa ou Repassa”, e Silvio lembrou do rapaz das pegadinhas e o colocou na função, sendo este seu primeiro programa.

Carlos Alberto e Silvio Santos na estreia da “Praça” em 1987 (Foto: Reprodução)CARLOS ALBERTO DE NÓBREGA
O apresentador Carlos Alberto de Nóbrega começou a carreira escrevendo quadros humorísticos para o programa “Manoel de Nóbrega”, de seu pai.
Depois disso, dirigiu e escreveu diversos programas, como “Trapalhões” e “Família Trapo”.

No entanto, foi somente em 1987 que ele estreou como apresentador do programa “Praça Brasil”, na Bandeirantes, que durou somente quatro episódios.
No mesmo ano, foi para o SBT, onde passou a apresentar o programa “A Praça é Nossa”.

A partir de então consolidou sua carreira exemplar diante das câmeras e ficou conhecido em todo o Brasil.
Christina Rocha no “Casos de Família” (Foto: Reprodução)CHRISTINA ROCHA
Christina Rocha   nasceu no   Rio de Janeiro   e mora em   São Paulo   desde  1985.

Estreou na   TVS Rio   com o   “Povo na TV” em   1980. Mais tarde, já no SBT, apresentou “Show da Tarde”, “Sessão Premiada” e participou do “Show de Calouros”, segundo informações do SBT.

Mas foi em 1992 que Christina tornou-se nacionalmente conhecida à frente da primeira fase do “Aqui Agora“. Ainda na emissora, foi repórter e comandou os programas “Alô Christina” (1998), “Programa Livre” (1999/2000) e “Fantasia” (2000).

.

Fonte: TV Foco