Foto: DivulgaçãoQuem acompanha sempre o SBT, sabe que a emissora sempre exibiu novelas, seja mexicanas ou nacionais. Apesar dos melodramas já batidos – que todos já conhecem -, esses folhetins foram sucesso no canal de Silvio Santos, chegando a incomodar diversas vezes a Globo.
Grabiela Spanic protagoniza “A Usurpadora” (Foto:Divulgação)A Usurpadora (1998)
Protagonizada por Gabriela Spanic e Fernando Colunga, o folhetim mexicano, quando foi exibido pela primeira vez no Brasil, conquistou excelentes índices de audiência, chegando a incomodar a Globo.

Tal sucesso fez com que a emissora reprisasse a atração por umas cinco vezes (todas as vezes com grande êxito).
Maria do Bairro (1995)
Estrelada pela cantora e atriz Thalia, “Maria do Bairro” foi febre em sua primeira exibição.

Assim como “A Usurpadora”, a novela – que faz parte das trilogias das Marias -, já teve várias reprises no SBT, isolando todas as vezes o canal de Silvio Santos em segundo lugar na Grande São Paulo.
(Foto:Divulgação)Chiquititas (1997/2013)
Sua primeira versão gravada na Argentina, em parceria com a rede “Telefe“,  fez a felicidade dos bolsos do SBT licenciando CD’s, álbum de figurinhas, bonecas e muitos outros produtos.

A primeira versão contou com mais de 800 capítulos, e a versão mais recente não fica atrás; já foi esticada 2 vezes sendo também um verdadeiro sucesso.
Esmeralda (2004)
Remake de uma história da Televisa, “Esmeralda” conta a história de uma moça cega, mas que recupera a visão no decorrer na trama.

O folhetim conquistou muita gente e o sucesso, é claro, fez o SBT reprisar a novela por duas vezes, resultando em três exibições.
Éramos seis (1994)
Contando com um ótimo elenco, “Éramos Seis” é lembrada até hoje pela sua qualidade, sendo um marco inicial de um núcleo de teledramaturgia de grande sucesso no canal.

Trouxe ainda o Troféu Imprensa de melhor novela e melhor atriz.
As Pupilas do senhor Reitor (1994)
Novela de época, “As Pupilas do senhor Reitor” foi uma trama bem produzida, com bons índices em sua primeira exibição.

Apesar disso, sua reprise acabou sendo um fiasco, sendo muitas vezes editada para capítulos mais curtos.
Carrossel (2012)
A versão nacional de “Carrossel” não poderia faltar nessa lista, tanto que a novela terminou em 2013 e até hoje rende frutos a emissora que já produz uma seria spin-off, desenho animado e até um filme baseado na trama.

Atualmente está sendo reprisada nas noites da emissora.

.

Fonte: TV Foco