(Foto: Divulgação/SBT)O SBT voltou à liderança na audiência nas tardes de domingo, após várias semanas perdendo para os programas da Record. O curioso foi o fato disso ter acontecido justamente no dia da votação pelo Impeachment da presidente Dilma Rousseff, quando a Record e a Globo cobriram o evento.
Enquanto isso, a emissora de Silvio Santos seguia com a sua programação normal, e chegou a alcançar a liderança, mesmo sem nenhum boletim informativo sobre o que estava acontecendo, por ordem do próprio Silvio Santos, dono do canal, que preferiu vetar qualquer cobertura jornalística durante o dia.

Entre 15h37 e 23h49, com a votação na Câmara dos Deputados, a Globo marcou 19.8 pontos, a Record 7.

4, a Band 4.0 e a Rede TV 1.

6 de média, e o SBT, que foi na contra-mão, registrou 11.6, enquanto exibia o programa “Eliana” (10.

8), o “Roda Roda Jequiti” (9.6) e o “Programa Silvio Santos” (12.

4).
Esse fato curioso foi motivo de uma reunião inesperada na manhã desta segunda-feira (18), nas demais emissoras, onde os diretores se perguntavam até que ponto o brasileiro estava realmente interessado numa longa cobertura jornalista, e tentaram identificar os momentos em que houve entrada de público.

Eles acreditam que a maioria do público só deixou a TV ligada durante o processo de votação. Alguns chegaram a brincar, dizendo que da próxima vez, devem ouvir o conselho de Silvio Santos, segundo informa o colunista José Armando Vannucci.

.

Fonte: TV Foco