Fabrizio Fasano Jr., Ticiana Villas Boas e Carol Fiorentino(Foto: Gabriel Gabe/SBT)O SBT realizou nesta terça-feira (11) em Atibaia, interior de São Paulo, a coletiva de imprensa da segunda temporada do reality culinário “Bake Off Brasil – Mão Na Massa”, que reuniu dezenas de jornalistas para saber as novidades da atração com o diretor Lucas Gentil, a apresentadora Ticiana Villas Boas e os jurados Fabrizio Fasano Jr. e Carol Fiorentino.

O diretor de planejamento artístico e criação Fernando Pelegio e a vice-presidente de conteúdo da Discovery Networks Brasil Monica Pimentel estiveram presentes, além de representantes das marcas patrocinadoras Doriana, Cacau Show e Seara.
“Esse ano temos mais essa novidade, que é a parceria do SBT com a Discovery, que possibilitou ainda mais investimentos e uma locação maior (a nova tenda tem aproximadamente 500 metros quadrados).

Quase todo o Leste Europeu possui o formato do Bake Off, ainda assim o pessoal da BBC (de Londres) diz que o nosso é o mais bonito de todos e isso é um motivo de muito orgulho”, diz Pelegio. “Estamos muito orgulhosos de poder dar continuidade a esta parceria e confiantes de que esta nova temporada será tão exitosa quanto a primeira para ambos os canais”, completa Monica Pimentel.

Monica Pimentel, Fabrizio, Ticiana, Carol e Fernando Pelegio(Foto: Gabriel Gabe/SBT)Com coprodução da Discovery Home & Health, a atração, que é produzida pela Cygnus Media, estreia na emissora com as cotas de patrocínio vendidas para as marcas Doriana, Cacau Show e Seara. O programa vai ao ar a partir da noite de sábado, 21 de maio, às 21h30, com reexibição dos episódios no Discovery Home & Health, às terças-feiras, às 20h30, a partir do dia 24 de maio.

A primeira temporada da atração, que corou a muçulmana Samira Ghannoum como campeã em 2015, consolidou o “Bake Off Brasil” como vice-líder de audiência no horário e ainda alcançou expressiva repercussão nas redes sociais que comentavam as atrapalhadas e discussões dos participantes, as avaliações polêmicas dos jurados e a sensação de água na boca com os confeitos apresentados. Prova da força do formato, é o expressivo número de inscritos para participar da atual temporada, foram mais de 10 mil confeiteiros amadores.

A essência e estética do programa permanecem a mesma, porém ele volta com novidades para os telespectadores, é o que conta o atual diretor do reality show, Lucas Gentil: “Temos um novo cenário e estamos gravando em uma nova fazenda (no município de Atibaia, interior de São Paulo) com uma estrutura maior. O avental de mestre confeiteiro passa a ser azul (antes era verde).

A área da confeitaria é muito ampla, o que enriquece ainda mais o programa, que neste ano trará mais receitas salgadas em relação a primeira temporada. Enfim, são 120 pessoas trabalhando para o programa chegar até o público do SBT.

É muito carinho envolvido em cada detalhe”.
As novidades continuam, pois dessa vez serão 14 candidatos ao título de melhor confeiteiro amador do País, dois a mais que na temporada passada.

O programa ganhou também dois episódios, passando para 15 nesta temporada, que premia o grande vencedor com um sonhado livro de receitas, que será publicado pela Editora On Line. “É o sonho de todos que amam confeitar”, diz Gentil.

A apresentadora Ticiana Villas Boas, que estreou no universo do entretenimento com o Bake Off Brasil, fala sobre o amadurecimento para a segunda temporada: “Eu me sinto muito mais segura. Na primeira temporada tudo era novo para mim, pois eu não tinha ideia de como seria essa mudança para o entretenimento.

Agora eu tenho certeza de que fiz a escolha certa. Fiz alguns ajustes no que acho que não funcionou e investi no que teve maior aceitação e repercussão.

Acho que estou mais solta, mais falante e leve. Procuro ser o mais natural possível, ter ações e reações espontâneas.

Estou me divertindo ainda mais nesta edição do Bake Off Brasil”.
Sucesso absoluto em quase vinte países, o “The Great Bake Off” é uma competição de formato da BBC Worldwide e já chegou à sexta temporada na Inglaterra, seu país de origem.

Outros países como Itália, França, Suécia e Holanda também produziram várias temporadas do formato, sempre alcançando excelentes resultados. “A leveza do formato é um macaron televisivo, gostoso de ver.

Além disso o programa dá a chance de confeiteiros amadores mostrarem o seu trabalho. Todos nós temos um conhecido que confeita muito bem e essa é uma chance dessas pessoas mostrarem o que sabem”, diz Lucas Gentil.

Fabrizio, Carol, Ticiana e Lucas Gentil(Foto: Gabriel Gabe/SBT)Na competição, os confeiteiros amadores enfrentarão dois tipos de desafio: técnico (todos recebem a mesma receita e devem prepará-la) e o criativo (os competidores devem fazer receitas que sejam deliciosas e que também se destaquem pelo visual elaborado). A regra principal é preparar confeitos, doces ou salgados, que precisem ir ao forno.

As gostosuras são avaliadas pela chef confeiteira Carol Fiorentino e pelo exigente empresário, Fabrizio Fasano Jr. Segundo o diretor, Lucas Gentil, em algumas ocasiões especiais haverá jurados convidados, que podem ser especialistas ou famosos.

A cada episódio, o pior competidor é eliminado e o melhor do dia recebe o sonhado avental azul de chef confeiteiro.
“Não vou apenas experimentar, como vou comer os doces preparados pelos participantes.

É impossível resistir a um monte de coisas que eu gosto. Adoro doce, principalmente chocolate.

Seria masoquismo não provar. Se eu engordar um pouco, corro atrás do prejuízo depois da gravação, pois tenho certeza que cada caloria vai valer a pena”, brinca Ticiana ao comentar sobre o que vem por aí.

A chef confeiteira Carol Fiorentino diz que apesar da fama de carinhosa, estará mais rigorosa: “Eu gosto de ensinar e mostrar onde podemos melhorar, mas nessa temporada espero mais dos participantes, pois eles já conhecem o programa e precisam estar mais preparados”. A jurada, que afirma estar feliz com o astral das gravações, que já se iniciaram, conta o que um confeiteiro amador precisa para vencer a competição: “É necessário ter calma, controle emocional, estudar bastante, pesquisar e entender que dias ruins acontecem com todos”.

Por sua vez, o empresário Fabrizio Fasano Jr., que ficou conhecido como o temível jurado do reality show após algumas avaliações sem rodeios, alerta que não faz tipo e que permanecerá da mesma maneira: “Não faço isso por personagem e sim por personalidade.

Isso não se muda fácil, pelo contrário, com a idade só piora. Trago de novo um pouco menos de tolerância com erros infantis”.

Para o jurado, o competidor que quiser ser campeão precisa: “ter uma técnica apurada e muito controle emocional”.

.

Fonte: TV Foco