Silvio Santos (Foto: Roberto Nemanis/SBT)Conforme já informamos aqui no TV FOCO, o SBT estava se preparando para fazer uma ampla cobertura da votação do impeachment da presidente Dilma Rousseff, que acontecerá neste domingo, dia 17. No entanto, Silvio Santos acabou vetando o jornalismo.
Ele decidiu que a sua emissora permanecerá com a programação normal, com os programas de entretenimento de Celso Portiolli, Eliana, e a sua própria atração.

Essa decisão, no entanto, não agradou muita gente, que criticou o posicionamento do apresentador.
Muita gente foi pega de surpresa, já que esse será um dia histórico para o país, e os meios de comunicação terão um papel importante na conscientização política do brasileiro.

Além disso, política se transformou num dos assuntos preferidos das pessoas.
Enquanto a Globo, Record, Rede TV, Gazeta e Band deslocaram equipes de reportagem para Brasília e montaram links em várias cidades para registrarem as reações dos grupos a favor e contra o governo, SBT vai, em partes, “ignorar” tudo isso.

Mas essa decisão foi assunto nas concorrentes. Segundo José Armando Vannucci, nesta quinta, executivos das emissoras reconheceram que a ideia de Silvio pode dar certo, já que o SBT será a única alternativa na TV aberta para quem não quer assistir o acontecimento.

Os longos discursos dos deputados, durante a votação, devem se arrastar por horas e repetir muitos argumentos, deixando a transmissão lenta, e o SBT pode levar a melhor. Vamos aguardar.

.

Fonte: TV Foco