O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu nesta terça-feira (21) manter o bloqueio das contas da TV e do jornal “Gazeta de Alagoas”, afiliada da Globo no estado, que pertencem ao senador Fernando Collor (PTC-AL). O parlamentar questionava a ordem de fevereiro deste ano do ministro Teori Zavascki, relator da Lava Jato na Corte.
A defesa de Collor sustentou que a decisão de Teori está comprometendo as atividades das empresas.

O dinheiro bloqueado, segundo os advogados do senador, impediria a movimentação não apenas dos recursos supostamente obtidos por meio de desvio, mas também da receita das empresas em contratos de publicidade e investimentos.
O senador Fernando Collor de Mello não comenta o caso.

A TV Gazeta está no ar desde setembro de 1975, fundada por Amon de Mello, pai de Fernando. Desde então, é afiliada da Globo e líder de audiência em Maceió.

O canal é criticado por se omitir em relação às acusações de corrupção de Collor e também por defendê-lo durante o processo de impeachment que o tirou da presidência em 1992

.

Fonte: TV Foco