Com forte divulgação, e após oito anos afastado de programas de auditório, Marcio Garcia finalmente estreou o seu “Tamanho Família”.
O que é motivo de alegria pro Marcio pode ser uma frustração para outros apresentadores da casa, uma vez que, caso emplaque mesmo na audiência e no gosto popular, o programa pode até extinguir outros.
De acordo com Ricardo Feltrin, do UOL, a nova atração dominical da emissora é muito mais barata de ser produzida do que o “Super Star”, por exemplo, que é um formato internacional, e royalties precisam ser pagos pela Globo à detentora do formato.

Além do que, o “Super Star” nunca foi um sucesso, convenhamos. A situação pode se agravar  se o “The X Factor” da Band ajudar a desgastar mais ainda o formato de realities musicais.

O “Esquenta” é outro programa que pode estar “na mira” da Globo. Já desvalorizado, com a perda de grande parte de sua duração nesse ano, a atração de Regina Casé pode fazer com que a Globo repense sua grade de domingo a curto/médio prazo.

Segundo Feltrin, não há, aparentemente, como acomodar Marcio Garcia e Regina Casé ao mesmo tempo nos domingos. Vale lembrar que o “Tamanho” estreou com 12,9 de média, o “Super Star” com 10,5 nesse ano, e o “Esquenta” com 9,9 no ano passado.

.

Fonte: TV Foco