Reprodução Banda Fulô de Mandacaru na repescagem do “Superstar” A primeira fase do “SuperStar” acabou neste domingo (8) com as quatro bandas que se salvaram na repescagem, são elas: Fulô de Mandacaru (80%), Preto Massa (79%), Alphazymu (79%) e Power Trip (77%). De todos os grupos que passaram pelo palco da atração, a que mais levantou o público e os jurados foi realmente a Fulô. Ela fez uma releitura de sucessos “Asa Branca” e “Baião”.

“Eles colocaram a alma na música. Mereceram e muito”, disse Sandy, que ganhou os aplausos de Daniella Mercury.

Enquanto as duas falavam, parentes dos músicos da banda não paravam de gritar, numa empolgação ressaltada por Fernanda Lima. A Alphazymu foi a última a se apresentar e alcançou o segundo lugar ao cantar Lulu Santos (“Tempos Modernos”).

Havia muita expectativa para grupos como o Luso Baião (forró), o Mato Seco (reggae) e Os de Paula (pagode com R&B). A eliminação da banda paulista Mato Seco figurou nos trend topics do Twitter, ela ficou abaixo dos 70% ao cantar o sucesso “Woman No Cry”.

“Ficou com cara de cover”, disparou Paulo Ricardo. Os de Paula é a banda formada por quatro filhos do cantor e político Netinho.

Os rapazes cantaram uma música de autoria própria com um refrão que grudou na plateia e nos jurados rapidamente, mas não ultrapassou os 69%. Os vocalistas chegaram a chorar.

“Foi surpreendente porque a música é boa e tem um refrão chiclete. Uma pena, mas a letra já pegou”, disse Paulo Ricardo, que em seguida cantou o refrão para a alegria dos meninos.

Outra banda formada com parentes de famosos, a Easy Gordon, cuja vocalista é sobrinha da cantora Dolores Duran, também foi eliminada. Ela cantou uma música conhecida na voz de Aretha Franklyn.

“É um estilo muito sofisticado para o público médio. Acho que foi por isso, mas vocês são excelentes”, disse Sandy.

Dias das Mães Como não podia deixar de ser o programa foi dedicado ao Dia das Mães. Os filhos gêmeos de Fernanda Lima estavam na plateia, assim como os pais de Sandy.

Os filhos de Daniela Mercury e a mulher e os filhos de Paulo Ricardo mandaram recados para os jurados. Os músicos que se apresentaram no programa também puderam abraçar as mães presentes na plateia.

O clima de festividade não acalmou os ânimos em alguns momentos da atração. Quando não apertavam o botão para alguma banda, os jurados tentavam se justificar dizendo que essa etapa era a mais difícil.

“Quero vocês tocando comigo no trio elétrico de Salvador porque eu gosto de rock e vocês são bons. Só não apertei o botão porque esta fase é um afunilamento”, disse Daniela Mercury para a banda Rockscola.

Já Paulo Ricardo disparou: “Dizem que toda vez que aparece uma banda de rock eu aperto o botão, e é isso mesmo! Gosto de rock e quando se mistura Nirvana com Raul Seixas, aí não tem como”. Fernanda rapidamente disse que ninguém ali precisava se justificar porque o público entendia a função deles.

No entanto, Sandy reforçou a sensação de que os jurados não se sentem muito bem na posição. Quando a banda Easy Gordon não passou, ela soltou: “Estão vendo como não depende dos jurados, mas do público.

A banda foi muito bem!”. A terceira temporada do “SuperStar” entra na sua segunda fase a partir do próximo domingo.

.

Fonte: Uol Televisão