Fernanda, Daniela, Paulo, Sandy e Rafa (Foto: Divulgação/Globo)Ambos realities musicais, “SuperStar” e “The Voice” causam na Globo humores bem distintos. O primeiro não alcança o sucesso do segundo e vem preocupando a emissora carioca há tempos.
O “SuperStar” já não fazia sucesso nas noites de domingo, perdendo frequentemente para a concorrência.

O “The Voice” sempre fez sucesso nas noites de quintas-feiras e ampliou o êxito quando colocado nas tardes de domingo.
Em virtude da repercussão nas redes sociais e das grandes audiências conquistadas pelo reality comandado por Tiago Leifert aos domingos, a Globo decidiu substituir o “Voice” pelo reality comandado por Fernanda Lima.

Com o trio de jurados Daniela Mercury, Sandy Leah e Paulo Ricardo, a atual edição da atração musical que tem por objetivo revelar bandas tem perdido com frequência para seu concorrente direto, o “Domingo Show” da Record.

EDIÇÃO ANTERIOR: “Totalmente Demais” fez jus ao título e se despediu consagrada

Ademais, não consegue nem de longe a repercussão positiva do “The Voice”, seja na versão adulta ou kids.

Ao contrário, a repercussão do “SuperStar” ocorre de forma disseminadamente negativa.
A banda “Plutão Já Foi Planeta”, de Natal, é uma das mais queridas da edição (Foto: Reprodução/Globo)Os motivos para o insucesso do “SuperStar” não são tão definitivos, mas alguns pontos podem servir de alerta para esse sentido, tais como o júri, as bandas participantes, e sobretudo o próprio formato.

Nesse contexto, a tentativa da Globo de manter o sucesso de atrações musicais nas tardes de domingo ou de, no mínimo, manter a liderança isolada nesse horário, tem sido cada vez mais um pesadelo assustador e desagradável.
Críticas e/ou sugestões?
E-mail: danyllo@otvfoco.

com.br
Twitter da coluna e do colunista: @Ligado_na_TV | @JuniorDanyllo
As opiniões aqui retratadas não refletem necessariamente a posição do TV Foco e são de total responsabilidade de seu idealizador.

.

Fonte: TV Foco