A produtora Casablanca, que ocupa o extinto RecNov (hoje Casablanca Estúdios) e responsável pelas novelas da Record, se prepara para expandir sua atuação para outros países.
Já houve uma sondagem feita pela mexicana Televisa, em processo mais avançado, e uma outra, desta vez de uma TV europeia, que a Casablanca deve revelar nos próximos dias, como informa Flávio Ricco. Ou seja, o SBT também terá novelas da Casablanca.

O modelo de negócio, se tudo der certo, será semelhante ao fechado com a Record: terceirizar toda a produção para baratear os custos em detrimento dos direitos dos funcionários, menos o elenco principal que continua contratado dos canais.

.

Fonte: TV Foco