Em “Velho Chico”, novela das 21h da Rede Globo, Afrânio (Antonio Fagundes) vai se arrepender de ter mandado Carlos Eduardo (Marcelo Serrado) dar um fim na vida de Santo (Domingos Montagner). O arrependimento acontece porque o coronel não consegue aguentar o sofrimento de Tereza (Camila Pitanga).
Terê tem uma briga com o pai e fala que estava dando entrada no divórcio, mas é interrompida pelo choro e se cala.

Afrânio sente a dor da filha. “Antes do que, Maria Tereza?”, ele pergunta.

“Antes desse atentado a Santo acontecer e tirar todo o sentido da minha vida outra vez!”, fala ela.
Certa de que ouviria mais um sermão do pai, Tereza se levanta e sai andando até a porta, mas ele surpreende e a segura pelo braço, não como coronel, mas como um pai.

“Como é que você tá, filha?”, pergunta ele. Tereza recupera rápido e enfrenta Afrânio: “Não finja que o senhor se preocupa com isso…”.

“Eu me preocupo! Num é com ele e você sabe… me preocupo em ver você triste desse jeito! Já nem sei há quanto tempo não te vejo sorrí…”, fala ele. “Nem vai me ver sorrir, coronel… não enquanto não encontrar Santo, vivo!”, responde Tereza.

O sofrimento de Tereza fará com que Afrânio deseje que o agricultor seja encontrado com vida. “Se for pra trazê teu sorriso de volta, Deus queira que você encontre esse retirante ôtra veiz!”, falará o coronel.

“Estou procurando o pai do meu filho, coronel. E o grande amor da minha vida!”, responderá ela.

“Ainda assim, espero que você encontre esse sujeito”, continuará ele, deixando a filha surpresa com sua reação.
Após a conversa com a empresário, Afrânio procura o deputado e pede pra que ele reze bastante e encontre Santo com vida: “Reze pra isso, Carlos Eduardo, reze muito bem! Porque seu futuro nessa casa e nessa família depende do sorriso dessa menina! Posso até perdê isso tudo, mas não vou fazê minha filha infeliz como eu fui!”, falará ao deputado.

.

Fonte: TV Foco