Por causa de Santo (Domingos Montagner), Tereza (Camila Pitanga) vai humilhar Afrânio (Antonio Fagundes). Além disso, Martim (Lee Taylor) resolve voltar à fazenda do pai.  Ele quer impedir que Carlos (Marcelo Serrado) assuma o comando da família.

Num primeiro momento, Afrânio se enfurece e ameaça até matar o filho. Mas depois, o coronel confessa a Carlos que não quer mais brigar.

“Cansei de esbravejar por coisa miúda, Carlos. Essa fazenda que fique com quem quiser!”, diz Afrânio para desespero do vereador.

“Não me parece bom abrir mão dela…”, fala Carlos. Afrânio ri para si mesmo, sentindo pena da memória do pai: “Essa ninharia foi tudo que painho me deixou… metade disso.

A outra é de dona Encarnação. Não vou abrir mão da minha parte, mas não vou mais brigar por isso também”.

Carlos Eduardo não gostará muito, mas aceitará a decisão do sogro.

Em uma conversa com Encarnação e Iolanda, Martim contará que quer mudar os rumos da família.

“Nunca é tarde para se redimir dos erros”, dirá o jovem. “Fique e lute, mas não para destruir seu pai, para trazer dignidade ao nome que você mesmo carrega”, aconselhará Iolanda.

“Não conte comigo pra virar as costas contra meu próprio filho! Nem aceitar você se juntar com aquela raça pra acabar com ele e tudo que é nosso”, esbravejará Encarnação.

.

Fonte: TV Foco