Em “Velho Chico”, novela das 21h da Rede Globo, a guerra entre os De Sá Ribeiro e os Dos Anjos ainda não tomou um rumo pior porque as matriarcas das famílias pelejam por isso.
Mas, o acordo de paz que as mães firmaram foi desfeito e Piedade (Zezita Matos) vai até a fazenda da família Sá Ribeiro cobrar de Encarnação (Selma Egrei) informações sobre o atentado a Santo. “Num vim aqui atrás de prosa, Encarnação, vim foi atrás de sabê de meu fio!”, diz ela.

Encarnação olha Piedade e Padre Benício (Carlos Vereza) se coloca entre as duas, e oferece uma xícara de chá para tentar amenizar o clima. “Morreria de sede quantas vezes que fosse mais num dividia um copo de água com essa gente!”, diz ela.

“Pelo amor de Deus, a senhora me prometeu que viria em paz…”, fala o religioso.
Mas, Encarnação interrompe o padre e que ele deixe Piedade falar.

“Eu vim em paz como quando falei nos teus olhos que essa terra já tinha bebido sangue demais!”, relembra a mãe de Santo. “Eu lhe dei minha palavra que de minha família não iria derramar mais sangue nenhum!”, diz Encarnação.

“Eu acreditei, meu erro foi esse! Pensei que a senhora ainda lembrasse o que era a dor de perdê um filho…”, dispara Piedade.
Encarnação fala que conhece essa dor melhor do que ninguém e Piedade contesta, como ela deixou que aquilo acontecesse com o filho dela.

“Eu tenho meus erros e muitos pecados, Piedade, mas o sumiço de Santo não é um deles!”, afirma Encarnação. “Onde isso vai pará? Não basta terem tirado a vida de Rosa, Belmiro, os quase trinta ano de Miguel… agora mandaram matá Santo?”, pergunta a mãe do dono da cooperativa.

A mãe de Afrânio (Antônio Fagundes) repete: “Já disse que não tem mando nem dedo de minha família por trás dessa tragédia!”. “E a senhora acredita nisso?”, pergunta Piedade.

“Eu acredito nos meus…”, confirma Encarnação. “Pois então tome muito cuidado, que a senhora pelo visto não conhece nem a própria família!”, diz Piedade, que vai embora, deixando a mãe do coronel pensativa.

.

Fonte: TV Foco