Carlos Eduardo (Marcelo Serrado) e Luzia (Lucy Alves) pagarão com sexo e beijos ardentes a infidelidade de seus respectivos companheiros, Tereza (Camila Pitanga) e Santo (Domingos Montagner) em “Velho Chico”, a partir do dia 23.
Carlos Eduardo marca de se encontrar com Luzia e se sente atraído por ela. “Você é uma mulher corajosa.

Quase selvagem! Sinceramente, não vejo o que seu marido vê em Tereza que não vê em você”, fala, enquanto pega Luzia pelo braço e quase lhe dá um beijo. A princípio ela se esquiva e fica sem entender as insinuações do político e pergunta o que ele quer.

“Estou só admirando uma bela mulher, meio bicho, e não entendo um homem que não dá valor a isso”, afirma o deputado.
Luzia reagirá com indignação, afirmará que Santo mata o rival se souber que ele quis tomá-la a pulso.

Ele recuará e Isabel (Rayza Alcântara) verá a mãe com o deputado. Depois, a garota perguntará o que Luzia conversava e a dona de casa revelará que Carlos é a única pessoa que pode manter Tereza longe de seu marido.

Após um tempo, eles voltam a se encontrar em um cipoal, no meio da caatinga. O deputado cerca Luzia, a segura pelos braços e frisa: “Não me vingo com tiro nem com conversa! Eu devolvo a ofensa na mesma moeda, ou um tom acima.

” Luzia não gosta nada do tom da conversa e tenta se soltar. “Me larga! Se tentar alguma graça eu fujo.

” Carlos a agarra mais forte e tenta seduzi-la: “Será que foge? Às vezes, sinto ciúmes de Santo e Tereza. Tenho ciúmes deles terem um ao outro.

Ciúme do seu marido desfrutar do corpo de minha mulher sem que eu possa fazer nada! De eles nos enganarem e rirem de nós, Luzia! De nos fazerem de palhaços enquanto se amam.” Nesse momento, o político rouba um beijo dela.

“Você é bonita, atraente, sensual. Quero ter com você o mesmo prazer que seu marido tem com minha mulher”, continuará Carlos, beijando ela de novo com intensidade.

Luzia se desvencilhará e dirá que o marido o matará se souber disso. “Ele não vai me matar pela sua honra, Luzia, vai me matar para ficar com a minha esposa”, provocará o deputado.

Ela atiçará o deputado dizendo que ele não é macho como seu marido. Em seguida, sairá correndo e debochando dele.

Carlos irá atrás dela e a encurralará. “Você tá mexendo com fogo, deputado! Sertão num é capital”, avisará Luzia.

“Não me importo, contanto que eu tenha o que eles tiveram. Quero que Tereza sinta o desprezo que ela me dá”, falará ele.

Luzia cede às investidas de Carlos Eduardo, mas avisa que até pode se deitar com ele, mas que só é Santo quem ela ama. Carlos afirma: “Eu não te quero, Luzia.

Quero olhar Tereza e Santo nos olhos e saber que nós não fomos os únicos que foram traídos durante todos esses anos!” Eles se beijam, ele a domina e transam selvagemente à beira do rio.

.

Fonte: TV Foco