Seu Batista na Escolinha (Foto: Reprodução)O Brasil parou no último domingo para acompanhar, ao vivo na televisão, a votação na Câmara dos Deputados pelo Impeachment da presidente Dilma Rousseff. Nas redes sociais, foram muitos os comentários que criticavam os argumentos dos parlamentares.
Mas quem pensa que essa foi a primeira vez que algo do tipo aconteceu aqui no país está enganado.

Em 1992, quando houve o Impeachment do ex-presidente Fernando Collor, os argumentos de alguns foram praticamente os mesmos, e viraram piada na TV.
O programa “Escolinha do Professor Raimundo”, de Chico Anysio, na Globo, ironizava a votação dos deputados.

O responsável por divulgar o vídeo em questão, que rapidamente começou a fazer sucesso nas redes sociais, foi o comediante Sérgio Mallandro.
No discurso do personagem Batista, interpretado pelo ator Eliezer Motta, foi comparado com o dos deputados atuais, que votaram “pelos filhos, pela mulher, por Roraima…” durante a discussão sobre o impeachment da presidente Dilma.

20 anos depois, os discursos são os mesmos.
“Para quem acha que o episódio de ontem foi novidade, dá uma olhada nesse vídeo da Escolinha do Professor Raimundo de 1992 na época do impeachment do Collor!“, escreveu Mallandro em seu perfil no Facebook.

.

Fonte: TV Foco