Zé de Abreu no “Faustão” (Foto: Reprodução)Como se sabe, o ator Zé de Abreu deu uma entrevista para o “Domingão do Faustão” que continua dando o que falar. Isso porque ele manobrou o Faustão e conseguiu comentar tudo aquilo que sempre diz em outros veículos, deixando o apresentador visivelmente querendo interrompê-lo.
“Existe um fato concreto, nossa Presidente foi eleita democraticamente com 54 milhões de votos.

O ministro Marco Aurélio Mello, do STF, diz literalmente: “Impeachment sem crime de responsabilidade é golpe””.
“Agora tira a dona Dilma, alguma vez a gente viu todos os empresários corruptores presos no Brasil em 500 anos? É a única vez que a gente viu e estão todos na cadeia”, destaca.

“Membros do PT, que erraram, estão na cadeia. Nunca na história do Brasil empresários foram presos e membros do partido que está no poder foram presos”.

(Foto: Reprodução)“Querem tirar a Dilma para entregar o Brasil para o PMDB do Rio de Janeiro, esse que derruba ciclovia”, comenta. “Vão tirar a Dilma para entregar para esse pessoal? Com a desculpa que estão acabando com a corrupção? Acabar com a corrupção sendo que a primeira pessoa que deixou a polícia trabalhar sossegada foi a Dilma?”.

“Então eu acho que o que estão fazendo no Brasil, essa beligerância que a gente vê, também foi comentada por alguns jornalistas, por exemplo um que inventou a palavra petralha e que botou na cabeça das pessoas que todo mundo do PT é ladrão”.
“Não é.

Ladrão é o ser-humano em geral. Alguns não são.

Os políticos no geral no Brasil são ladrões, alguns não são. Tem gente boa e gente ruim em todos os partidos”, declara.

“Grupos que se juntam para hostilizar pessoas que pensam diferente: isso é fascismo!”, explica.

.

Fonte: TV Foco