Em jogo de atuais campeões estaduais, prevaleceu a igualdade no placar. No Beira-Rio, o Inter até tentou se impor diante de uma retrancada Chapecoense, mas não conseguiu furar o bloqueio catarinense e ainda desperdiçou a melhor chance, quando Paulão falhou em cobrança de pênalti. Assim, as duas equipes ficaram no 0 a 0 em duelo válido pela primeira rodada do Brasileirão.

 O Colorado volta a campo às 16h do próximo domingo, quando encara o São Paulo no Morumbi, pela 2ª rodada do Nacional. A Chape recebe o América-MG na Arena Condá nos mesmos dia e horário.

Antes, no entanto se concentra na Copa do Brasil, competição em que enfrenta o Paraná às 19h30 de quarta, na Arena Condá.  LEIA MAIS> Confira como foi a partida, com vídeos dos melhores lances > Veja a tabela do Brasileirão Diante de um adversário condensado contra a própria defesa, o Inter abusou de lançamentos e cruzamentos para a área.

Aos sete minutos, Aylon teve boa chance e desviou de cabeça com perigo. Na base dos contra-golpes, a Chape pouco arriscava.

Na melhor chance, Lucas Gomes obrigou Alisson a fazer boa defesa. De forma tímida, o Colorado arriscaria no final da etapa, em chute cruzado de Sasha.

 Assim que a bola rolou na etapa final, os gaúchos até ensaiaram uma pressão inicial, mas a velocidade da partida caída de forma progressiva, deixando um clima de marasmo no ar. A primeira chance do Inter saiu em cabeçada de Josimar contra a própria meta, aos 17 minutos.

A oportunidade de ouro, no entanto, viria aos 18, quando Andrigo sofreu falta dentro da área: pênalti. Designado para a cobrança e novo capitão, Paulão bateu mal e Danilo espalmou.

O goleiro da Chapecoense ainda faria outra defesa na sequência do lance, em chute de Andrigo. Logo, garantiu o empate fora de casa e com um jogador a mais, já que William Thiego seria expulso.

.

Fonte: Globo Esporte