O técnico Diego Aguirre preferiu não entrar em polêmica em
relação ao assunto gramado. Por conta das chuvas que caíram em Buenos Aires nos últimos dias, o campo do El Cilindro ficou bastante castigado e,
por isso, o Racing vetou o reconhecimento do gramado por parte do Atlético-MG.O treino no local da partida na véspera do jogo é comum na
Taça Libertadores.

Mas o técnico Diego Aguirre preferiu ver o lado bom e não
entrar em polêmica.- Não incomoda.

É normal. Tem acontecido outras vezes por
causa da chuva.

Não muda muito o reconhecimento do campo. Amanhã vamos aquecer
no campo e já vai dar para ver como estará o campo.

O time treina no Centro de Treinamento da Associação de
Futebol Argentino (AFA), o que, na visão de Aguirre, é melhor, já que o
treinador vai procurar a atividade para acertar alguns detalhes e ajustar o
time para o duelo desta quarta-feira, às 19h30 (de Brasília).- Os campos estão bons e dá para fazer um bom treino, que é o
importante.

MistérioAguirre já tem o time definido, mas fechou a última
atividade em Buenos Aires para a imprensa. A expectativa é de que Dátolo seja
mantido no meio-campo, no lugar de Cazares, que vinha sendo titular.

Os três
volantes (Urso, Donizete e Carioca) deverão ser mantidos.Aguirre deixa o clima de mistério no ar e não confirma qual
será o time atleticano.

– Não será surpresa. Pode mudar um jogador ou outro, mas
vamos com um time forte.

A intenção do treinador é sempre colocar em campo um
time para vencer. Nem sempre com os mesmo jogadores.

.

Fonte: Globo Esporte